Homem preso em hospital de Feira de Santana era procurado por envolvimento em mais de 20 homicídios

O homem preso na manhã de segunda-feira (18) após dar entrada em hospital de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador, com ferimento a bala, era procurado por envolvimento em mais de 20 homicídios, segundo informações da Polícia Civil. Yuri Carlson Santana Santos, o “ET” ou “Cabeça de Repolho”, de 22 anos, foi apresentado à imprensa na manhã desta quarta-feira (20), na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador. Integrante do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP), Yuri estampava a carta quatro de espadas. Ele estava com um mandado de prisão preventiva em aberto pelo homicídio de Lenilson Bacelar Mota, ocorrido em novembro de 2016, em Valéria, onde atuava.Investigações da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS), coordenada pelo delegado Jamal Youssef, apontam Yuri como autor da morte de Jonas Pereira Cardoso, ocorrida no último sábado (16). O traficante também é acusado de participar do assassinato de Enderson Davi Silva dos Santos, no início deste mês, também em Valéria. Segundo a polícia, outras duas vítimas de Yuri e do grupo ao qual ele faz parte são Moisés Paixão dos Santos, que foi retirado de dentro de casa, arrastado pela rua na presença de familiares e executado num matagal, e Pedro de Almeida Rodrigues, que foi decaptado. Os crimes ocorreram no bairro de Valéria e têm ligação com o tráfico de drogas. (G1)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*