MP diz que Geddel recebeu mais de R$ 100 milhões em vantagens ilícitas

A procuradora Claudia Sampaio, representante do Ministério Público Federal (MPF), apontou que o ex-ministro Geddel Vieira Lima recebeu mais de R$ 100 milhões em vantagens indevidas. A declaração foi feita durante o julgamento na 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que começou a julgar o recebimento da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o emedebista, seu irmão, o deputado Lúcio Vieira Lima, a mãe deles, Marluce, e outras três pessoas pelo caso do bunker de R$ 51 milhões encontrado em Salvador. De acordo com o portal jurídico Jota, a procuradora afirma que, de tudo que leu nos autos dos processos de Geddel, o político já "superou em muito" o montante. O julgamento também avalia o pedido de Geddel para ser solto. Ele está preso preventivamente desde setembro do ano passado. (M1)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*