Debate Band: Candidatos miram ataques contra Rui e tocam em temas polêmicos

O segundo bloco do debate da TV Bandeirantes, realizado na noite de ontem, na Federação, foi mais ameno que o primeiro - mas manteve o candidato Rui Costa (PT) como principal alvo dos demais candidatos. Os postulantes também aproveitaram para tocar em outros assuntos polêmicos. Uma repórter indagou ao emedebista João Santana (MDB) sobre as regras de relacionamento do presidente Michel Temer para manter ou não funcionários do governo investigados. Investigado fica, condenado sai. "Gostaria de dizer a você que passei por 12 cargos públicos. Sou contra qualquer tipo de vacilação. Sou ficha limpíssima", bradou Santana. Célia Sacramento (Rede), por sua vez, relembrou o período de vice-prefeita de Salvador - mas se distanciou do atual gestor. "Não fiz nenhuma aliança com o prefeito ACM Neto. Foi o meu partido", ironizou. Marcos Mendes (PSOL) disse que o governo Rui Costa tem "50 tons de carlismo" por defender propostas semelhantes às do DEM. Rui, sempre citado nas respostas dos rivais, preferiu usar o tempo para exaltar a própria gestão. "Com muito orgulho digo que a Bahia é conhecida no país inteiro pela nova forma de governar". ( Por: Henrique Brinco - BNews)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*