Maioria das queimaduras ocorre dentro de casa; saiba como evitar

As lesões provocadas por queimaduras costumam ser muito doloridas e bastante graves. De acordo com a Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), 77% dos acidentes acontecem dentro de casa e a maioria das vítimas (40%) tem até 10 anos. — Queimadura pode deixar sequelas e cicatrizes para sempre e até matar. Apesar de a medicina ter avançado, muitos os pacientes ainda ficam com limitações, perdem sua função laboral e, as crianças, sofrem bullying na escola — diz Luiz Philipe Vana, presidente da SBQ.

A pele é dividida em epiderme (parte superficial) e derme (parte de dentro). As queimaduras são classificadas de acordo com a área afetada. Quando a lesão afeta apenas a epiderme (como ficar exposto ao sol em excesso), a queimadura é de primeiro grau. Se afetar parte da derme, é de segundo grau. Quando compromete toda a derme, é de terceiro. Observando as bolhas, é possível identificar a gravidade da lesão. O dermatologista Samuel Mandelbaum, da Sociedade Brasileira de Dermatologia explica a reação da pele ao calor excessivo:

— A alta temperatura faz os vasos sanguíneos se dilatarem deixando a pele avermelhada. Quando algo muito quente encosta na pele, ocorre a separação das camadas, formando as bolhas.

Fazer os primeiros socorros corretamente é fundamental para minimizar as complicações causadas pelas queimaduras. Quando a lesão for causada por fogo ou calor excessivo, deve-se colocar a área do corpo afetada em água corrente por alguns minutos, cobrir o local com um pano limpo e depois procurar um médico.

— Toda queimadura deve ser avaliada, pois mesmo as pequenas podem causar lesões graves. E nada de seguir receitas caseiras, pois alguns produtos podem piorar a lesão — alerta Luiz. O tratamento depende da avaliação médica e pode variar de pomadas e curativos a cirurgias. A SBQ desenvolveu o aplicativo "Queimei", no qual é possível ver outras dicas de prevenção, assim como encontrar o especialista em queimaduras mais próximo de sua localização. O app é gratuito.

Como evitar
- Quando for cozinhar, prefira usar as bocas de trás e mantenha o cabo da panela para dentro do fogão. Isso evita a panela vire em cima de alguém

- Se o fogão da sua casa tiver uma trava de segurança, sempre a acione ao usar o forno

- Não deixe que as crianças fiquem sozinhas na cozinha

- Guarde álcool, isqueiros e caixas de fósforo longe do alcance das crianças

- Não use álcool para acender churrasqueiras. Existem acendedores criados para este fim

- Coloque o ferro de passar roupa em um local onde as crianças não consigam pegar

- Use luvas térmicas para tirar alimentos do forno

- Não deixe fios de cafeteiras, sanduicheiras e panelas elétricas para fora da bancada ou da pia. Alguém pode puxar ou tropeçar no fio e se queimar com o alimento. (Ibahia)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*