Eliana Calmon vai apoiar Bolsonaro e quer ser 'interlocutora' dele com Judiciário

Ex-Corregedora Nacional de Justiça e ministra aposentada do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana Calmon declarou apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL). Em entrevista ao Metro1, ela disse que quer ser "interlocutora" do capitão da reserva, mas sem ocupar cargos em um possível governo dele. "Está completamente descartada [ter cargo no governo]. Foi uma das minhas condições. Eu disse a ele que não queria cargo, não gostaria de participar do governo, mas queria ser uma interlocutora para falar sobre a área que eu sei [o Direito].Até agora não temos uma pessoa que possa assessorá-lo bem no Judiciário para que possa fazer assessoria nesse sentido. Foi uma das minhas condições. Estou hipotecando essa solidariedade, mas como cidadã brasileira, não quero cargos", afirmou.

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*