Feira: Professores fazem manifestação contra fechamento de escolas

Professores da rede municipal de Feira de Santana protestam na manhã desta terça-feira (13). O ato dos docentes é contra o possível fechamento de escolas no município. Segundo a diretora da APLB em Feira de Santana, Marlede Oliveira, caso as unidades sejam fechadas, os professores vão entrar o ano letivo de 2019 em greve. “Nós estamos aqui porque está ocorrendo um problema. Depois que o Estado passou para a Prefeitura a gestão de algumas escolas, o município está se recusando a assumir”, disse Oliveira ao Bahia Notícias. Os docentes se concentram na frente do Núcleo Territorial de Educação, que fica próximo à rodoviária local. Outra questão que envolve professores e prefeitura é sobre o pagamento de precatórios [dívida judicial], que envolve perdas entre 1997 e 2007 (ver aqui). Segundo Marlede, desde maio cerca de R$ 248 milhões foram depositados no caixa da prefeitura. Os docentes cobram 60% do valor [algo em R$ 148 mi].

Nesta segunda-feira (12), os docentes protestaram contra a aprovação de empréstimo, pedido pela prefeitura, de R$ 21,5 milhões do montante do precatório na Câmara de Vereadores. Sobre o caso, os professores prometeram parar as atividades da rede municipal no dia 29 de novembro. (BN)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*