'Pergunta pro Temer', diz Bolsonaro ao ser questionado sobre reajuste no STF

O presidente eleito Jair Bolsonaro evitou opinar sobre o reajuste salarial aprovado para os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (27), ele ressaltou que quem sancionou a proposta foi o atual presidente Michel Temer e que quem vai pagar pelo aumento é a população brasileira. "Pergunta para o Temer, pergunta para o Temer. O Temer que decidiu sancionar. Quem vai pagar é toda a população brasileira é quem vai pagar, todo mundo. A minha responsabilidade nessa área começa a partir de 1º de janeiro do ano que vem", comentou Bolsonaro. O presidente eleito anunciou nesta terça que Tarcísio Gomes de Freitas vai assumir o Ministério da Infraestrutura. Durante a entrevista coletiva, ele disse que nesta quarta (28) deve anunciar o titular do Ministério do Meio Ambiente, que não será um militar. "Não é fácil montar um ministério que possa dar a resposta que todos esperam no Brasil", comentou Bolsonaro. Ele destacou ainda que teve que manter órgãos com status de ministério "por questão de funcionalidade" e por isso o número de pastas será maior que 15, como ele esperava durante a campanha. (Notícias ao Minuto)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*