Sentença de Lula no processo do sítio de Atibaia fica para 2019

A juíza federal substituta Gabriela Hardt determinou que as manifestações das partes na fase de alegações finais no processo do sítio de Atibaia (SP) deverão ser apresentadas entre 30 de novembro e 7 de janeiro. A decisão foi proferida na quarta-feira (21). Com isso, o desfecho sobre uma absolvição ou condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), um dos 13 réus na ação penal, só será conhecida no ano que vem. A análise dos últimos pedidos da acusação e das defesas ocorreu na semana passada, quando Lula também foi interrogado em uma audiência marcada por momentos de tensão entre o ex-presidente e a juíza. Esse havia sido o primeiro encontro entre os dois, já que a magistrada substitui o ex-juiz federal Sergio Moro, antigo titular da ação. Moro pediu exoneração do cargo em razão do convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), para ser ministro da Justiça de seu governo. (bahia.ba)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*