Estudo publicado em anuário aponta favorecimento do STJ aos planos de saúde

Um estudo a ser publicado pelo Anuário da Justiça Saúde Suplementar apontou que em 2018 o Superior Tribunal de Justiça (STJ) tomou decisões, em sua maioria, a favor das empresas de plano de saúde privados do que em benefício dos consumidores. De acordo com colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, o estudo elaborado se baseou em votações sobre o fornecimento de remédios importados pelas operadoras sem autorização da Anvisa, a validade de aumento do valor dos planos de acordo com a idade do consumidor e a possibilidade de trabalhadores demitidos continuarem utilizando o plano com o antigo empregador ainda custeando o serviço. Em 2018, até o mês de setembro, o STJ julgou 9.292 ações relacionadas ao tema. O anuário que detalha o levantamento realizado será impresso pela editora Consultor Jurídico e também terá publicação da Associação Nacional dos Administradores de Benefícios (Anab). (BN)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*