Mesmo sendo campeã, Amanda Nunes recebe menos do que Cris Cyborg no UFC 232

A lutadora Amanda Nunes levou cinturão do peso-pena para casa no último domingo (30), no UFC 232. Porém, a nocauteada Cris Cyborg foi quem saiu com o bolso mais cheio. Apesar de ter sido campeã ao vencer a luta em apenas 51 segundos, a baiana recebeu um salário 30% menor do que a curitibana. A Leoa ganhou US$ 350 mil, o equivalente a R$ 1,35 milhão, contra os US$ 500 mil, cerca de R$ 1,94 milhão, embolsados pela ex-campeã. Na luta principal da noite, o Jon Jones, que reconquistou o cinturão dos meio-pesados (93kg), recebeu os mesmos US$ 500 mil de Cyborg, assim como sua vítima Alexander Gustafsson. Os valores dos salários foram revelados pela Comissão Atlética da Califórnia (CSAC). No entanto, esses números não são finais, já que não incluem as bonificações de vitória e nem os prêmios por performances da noite. Além disso, as lutadoras ainda podem receber mais pelos patrocinadores pessoais e pela participação nas vendas de pay-per-view. (Bahia Notícias)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*