MP pede que Google retire do ar vídeos de youtubers mirins

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) entrou com uma ação civil pública para que o Google retire do ar vídeos de youtubers mirins que fazem, de modo velado, propaganda de produtos para o público infantil. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, foi aberto inquérito para investigar o uso de estratégias abusivas de comunicação mercadológica dirigida ao público infantil. Em doze vídeos, a youtuber Júlia Silva, em parceria não anunciada com a Mattel do Brasil, lançava desafios relacionados aos personagens da Monster High - os vencedores eram convidados a participar de um evento na sede da empresa. O promotor Eduardo Dias decidiu pedir à Justiça a retirada do conteúdo e notificou empresas que aderiram à prática para tentar um acordo em que elas se abstenham de fazer propaganda disfarçada por meio de influenciadores mirins.

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*