Toffoli mantém votação secreta para presidência da Câmara

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, negou o pedido da ação do deputado federal eleito Kim Kataguiri (DEM-SP) e manteve o voto secreto para a eleição da presidência e da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados. A decisão foi feita hoje (9). Uma ação que questiona o tipo de votação na escolha da presidência do Senado ainda deve ser decidida por Toffoli. Entretanto, a questão já foi decidida pelo ministro Marco Aurélio Mello, que determinou que a votação seja feita por meio do voto aberto, com a identificação de como votou cada um dos senadores. Cabe ao presidente do STF decidir se mantém ou derruba a eficácia da decisão de Marco Aurélio. A ação foi apresentada por Kim Karaguiri após Marco Aurélio ter determinado o voto aberto no Senado. (Metro 1)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*