Agentes de trânsito de Camaçari são acionados pelo MP por conduta irregular

Três agentes da Superintendência de Trânsito e Transporte de Camaçari (STT) foram acionados pelo Ministério Público (MP) estadual ontem, por agredirem um motorista e tomarem o celular durante uma abordagem. Fábio Silva dos Santos, Anderson Silva Rodrigues e José Pereira de Cerqueira podem ser afastados do cargo. De acordo com o documento da ação, no dia 28 de novembro de 2018, às 10h, os agentes da guarnição da STT teriam notado “à distância” que um motorista estaria “supostamente cometendo a infração de parar o veículo que conduzia em local irregular no estacionamento da Prefeitura de Camaçari”. Segundo o promotor do caso, Everaldo Yunes, Anderson desceu da viatura, advertiu o motorista e “reteve o celular, para impedi-lo de gravar a abordagem”. Ainda de acordo com o promotor, o motorista chegou a pedir para agentes de outra guarnição que devolvessem o celular. Segundo o MP, há gravações feitas por testemunhas mostrando que, “nesse momento, o motorista foi rodeado e agredido fisicamente, com empurrões e socos”. Testemunhas afirmam que “em nenhum momento, o motorista agrediu ou ofendeu os agentes”. O MP pede que a Justiça determine a perda da função dos agentes e a suspensão dos direitos políticos, além do pagamento de multa e proibição de contrato com o Poder Público. (Aratu online)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*