Reforma trabalhista: Sindicatos perdem 90% da contribuição sindical no primeiro ano

Passado um ano desde o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical, sindicatos de trabalhadores e de patrões tiveram os recursos reduzidos, de acordo com o Estadão. Dados apurados pelo veículo indicam que em 2018, primeiro ano cheio da reforma trabalhista, a arrecadação do imposto apresentou queda de quase 90%, de R$ 3,64 bilhões em 2017 para R$ 500 milhões no ano passado. A tendência é que o valor seja ainda menor neste ano. Entre as consequências da redução de arrecadação está a queda dos repasses às centrais, confederações, federações e sindicatos tanto de trabalhadores como de empregadores. Conforme o Estadão, muitas das entidades admitem a necessidade de terem de se reinventar para manter estruturas e prestação de serviços. (Bahia Noticias)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*