Torcedores do Vasco pedem saída do presidente Alexandre Campello

A semana do Vasco começou com protestos. Insatisfeito com o desempenho do time, que ocupa a lanterna do Campeonato Brasileiro, um grupo cerca de 100 torcedores foi até a porta da sede do clube, em São Januário, onde se realizou um ato em que foi cobrada a saída do presidente Alexandre Campello.

Campello não foi, porém, o único alvo de cobranças dos vascaínos, que também protestaram contra Roberto Monteiro, o presidente do Conselho Deliberativo do clube. Além disso, os torcedores defenderam a adoção de eleições diretas, com a participação dos sócios.

Os vascaínos também criticaram Paulo César Gusmão, o coordenador técnico do Vasco. E também Yago Pikachu, que está no clube desde 2017 e se envolveu em incidente polêmico na semana passada, ao tentar agredir um torcedor no desembarque do grupo em Manaus para o duelo do último sábado contra o Corinthians, que terminou empatado por 1 a 1 e foi válido pela terceira rodada do Brasileirão.

A igualdade deixou o time com apenas um ponto, em último lugar, sendo que o seu próximo compromisso será domingo, no Pacaembu, contra o Santos. No dia seguinte, a diretoria anunciou a saída do diretor de futebol Alexandre Faria.

A direção vascaína, aliás, ainda busca um novo treinador para o time. Após a derrota para o Flamengo na decisão do Campeonato Carioca, Alberto Valentim foi demitido. Desde então, a equipe vem sendo dirigida interinamente por Marcos Valadares, até então o treinador dos juniores. (Estadão Conteúdo)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*