Vitória implanta metodologia para aprimorar formação de goleiros

Novo preparador de goleiros do Vitória, Luciano Oliveira Júnior explicou como será o novo programa de formação de arqueiros, que tem objetivo modernizar e organizar atividades ministradas aos atletas do clube. O profissional foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira (8) por Paulo Carneiro, presidente da agremiação.

“Ele sempre existiu na época que estive na divisão de base. Cheguei em 1997, e a gente teve um trabalho unificado, em conjunto. Nós ficávamos juntos para que os atletas tivessem o melhor trabalho. Vamos sentar com os trabalhos de goleiro e discutir a melhor maneira para que a formação aconteça, e também discutir o caráter. Futebol é vida, não tem como dissociar o atleta do homem. Não podemos só extrair o potencial técnico. A gente vai sentar em um primeiro momento, colocar o que tem que ser feito, ouvir a opinião de todo mundo. Não vai ser um trabalho imposto, mas construído. Temos algumas ideias dentro daquilo que a gente espera. A gente vai implantar gradativamente. Não é chegar querendo fazer tudo. Nosso objetivo principal é fazer com que a equipe principal volte para a elite”, disse Luciano Oliveira, em entrevista coletiva.

Atualmente, o Vitória conta com quatro goleiros na equipe principal: Caíque, Ronaldo, João Gabriel e Lucas Arcanjo. Segundo Luciano, o clube não irá recorrer ao mercado em busca de novos arqueiros.

“Sempre acompanhei de perto o trabalho de todos. A gente sempre teve contato e não deixei de saber de como estava andando a formação de goleiro do clube. São atletas de muita qualidade. Com relação as críticas, elas vão existir. Torcedor vai cobrar, e a gente vai ter que dar o retorno que ele deseja. A avaliação é nossa. A gente vai tentar não deixar se contaminar o que vem de fora. Goleiro, para que ele alcance a idolatria não pode falhar. As falhas não podem ser sucessivas. A gente chega com o pensamento de que os goleiros falhem cada vez menos. As falhas vão acontecer. Com relação a contratação de goleiros, sou formador. Quando volto ao Vitória e vejo quatro goleiros, me enche de felicidade. A princípio não pensamos em contratar”, destacou

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*