ANS autoriza reajuste de 7,35% nos planos de saúde individuais e familiares

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estabeleceu, por unanimidade, o índice de reajuste máximo dos planos de saúde individuais e familiares em 7,35% com vigência de 1º de maio de 2019 a 30 de abril de 2020. A decisão foi publicada nesta quarta-feira (23), no Diário Oficial da União (DOU), e assinada pelo diretor presidente da entidade, Leandro Fonseca da Silva.

“Decisão: Aprovado por unanimidade o índice de reajuste máximo de 7,35% (sete inteiros e trinta e cinco centésimos por cento) com vigência de 1º de maio de 2019 a 30 de abril de 2020 para as contraprestações pecuniárias dos planos privados de assistência suplementar à saúde, individuais e familiares, médico-hospitalares com ou sem cobertura odontológica, previsto no artigo 2º da Resolução Normativa – RN nº 171, de 29 de abril de 2008”, diz o documento. (BN)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*