6 sinais de que o corpo está com falta de vitaminas

O corpo humano é uma máquina incrível e o organismo se encarrega de "avisar" quando sente falta de determinados nutrientes. Os sintomas podem aparecer em diversas partes do corpo. Com o ritmo frenético da vida moderna, muitas vezes é necessário ingerir alimentos processados, ricas em açúcares e em gordura e pobres em nutrientes. A falta de vitaminas também se pode dever a outros fatores, tais como: a prática de dietas restritivas, obesidade, tabagismo, gravidez ou amamentação. Na maioria dos casos, a deficiência de vitaminas não provoca necessariamente doenças, mas deixa o organismo mais fragilizado e predisposto a desenvolver algumas patologias, e o corpo acaba ficando sem ‘combustível’ para se proteger contras vírus e bactérias. Por essa razão, a alimentação balanceada e, em alguns casos, a suplementação, são tão indicadas. Esteja atento a estes seis sinais que podem indicar deficiência de vitaminas:

Rachaduras no canto da boca - Este sinal aponta para uma carência de vitaminas do complexo B, principalmente B2, B3 e B12, bem como a falta de ferro e de zinco. Neste caso, a solução é aumentar o consumo de produtos ricos nesses nutrientes, tais como: salmão, ovos, atum, lentilhas, amendoins ou tomate.

Queda de cabelo acentuada - O ideal é aumentar o consumo de alimentos ricos em vitamina B8 ou biotina, como: abacate, couve-flor, oleaginosas e banana.

Cãibras nas pernas - Aponta para uma deficiência de cálcio e potássio no organismo. Aposte no consumo de amêndoas, maçãs, vegetais, bananas e abacate.

Está sempre com gripe ou resfriados - A regra significa que o sistema imunológico está debilitado, ou seja, há uma insuficiência de vitamina C. Esta vitamina está presente em alimentos como a laranja, o kiwi, o caju, brócolis, morangos e pimentão.

Cegueira noturna - Provocada pela deficiência de vitamina A, a cegueira noturna faz com que os indivíduos que sofrem desta condição fiquem com a visão turva durante a noite. A cenoura é uma ótima fonte dessa vitamina.

Formigamento - A deficiência de vitaminas do complexo B, mais precisamente B6 e B12 causa a sensação generalizada de formigamento. Esses sintomas podem ser ampliados para depressão, fadiga, anemia, distúrbios hormonais e ansiedade.

Câncer provocado por talco obriga Johnson & Johnson a pagar R$ 18 bilhões em indenização a mulheres

A Johnson & Johnson foi condenada a pagar uma indenização equivalente a cerca de 18,3 bilhões de reais a 22 mulheres que alegam ter desenvolvido câncer de ovário ao usar talcos produzidos pela multinacional. Uma corte no Missouri (EUA) concedeu, inicialmente, compensação no valor de 550 milhões de dólares e acrescentou 4,1 bilhões de dólares referentes à indenização punitiva. A gigante farmacêutica, que nega as acusações e assegura que seus produtos não causam câncer ou contêm substâncias cancerígenas, enfrenta cerca de 9 mil processos judiciais envolvendo o talco que fabrica para bebês. A empresa informou que está "profundamente desapontada" com o resultado do julgamento e pretende recorrer da decisão. Foram seis semanas de julgamento, no qual as 22 mulheres e as famílias delas afirmaram que desenvolveram câncer de ovário depois de usar o talco para bebês e outros produtos em pó da empresa.

Das 22 mulheres que foram à Justiça em busca de indenização, seis morreram de câncer no ovário. Os advogados das mulheres alegam que a Johnson & Johnson sabia que o talco estava contaminado com amianto desde os anos 1970, mas falhou em alertar os consumidores. O talco é um mineral que, às vezes, pode ser encontrado no solo próximo ao amianto. A J&J nega que seus produtos contivessem amianto e insiste que o talco não causa câncer. A empresa acrescentou que vários estudos mostraram que seu talco é seguro e disse que o veredicto foi produto de um "processo fundamentalmente injusto". A agência dos EUA que controla a produção de alimentos e medicamentos, a FDA na sigla em inglês, pediu um estudo com diferentes amostras de talco, incluindo os da J&J, entre 2009 e 2010. Não foi encontrado amianto nessas amostras. Mas o advogado de acusação disse na corte que tanto a FDA quanto a empresa usaram métodos de teste falhos.

Talco é seguro?

Há anos existe o receio de que o uso talco, particularmente em áreas próximas aos genitais, aumente o risco de câncer de ovário - mas as evidências não são conclusivas. A Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer classifica o uso de talco nos genitais como "possivelmente cancerígeno " por causa dos indícios contraditórios. 

Por que há debate sobre o tema?

O talco mineral em sua forma natural contém amianto e causa câncer. No entanto, o talco sem amianto tem sido usado em produtos para bebês e em outros cosméticos desde a década de 1970. Mas estudos sobre o talco livre de amianto dão resultados contraditórios. Outros estudos argumentam que não há qualquer ligação entre uso de talco e o câncer. Apontam ainda que não há associação entre o talco em métodos contraceptivos, como diafragmas e camisinhas (que chegam perto dos ovários), e câncer. Também não parece haver uma relação entre a doença e o tempo de exposição ou de uso, ao contrário do que acontece com o tabaco, por exemplo. 

O que as mulheres devem fazer?

A instituição de caridade Ovacome diz que os indícios de um vínculo entre o uso de talco e risco de câncer são fraca. E, mesmo que o talco aumente o risco de câncer de ovário, estudos sugerem que esse incremento é de cerca de um terço. A entidade salienta que esse aumento é pequeno e diz que câncer de ovário é uma doença relativamente rara. Além disso, o risco de câncer de ovário é afetado por muitos fatores diferentes - hereditários e ambientais - e não apenas pelo uso de talco. A entidade acrescenta: "Assim, mesmo que o talco aumente ligeiramente o risco, pouquíssimas mulheres que usam talco terão câncer de ovário. Além disso, se alguém tiver câncer de ovário e usou talco, parece improvável que foi essa a causa pela qual eles desenvolveram câncer."

Sentença recorde

O valor da indenização é o maior que a J&J já foi condenada a pagar. Os danos punitivos normalmente são frequentemente reduzidos pelo juiz de primeira instância ou depois do recurso. A J&J já conseguiu reverter várias decisões dos tribunais, alguns delas por motivos técnicos, por meio de recursos. Uma decisão anterior de um júri da Califórnia, em 2017, havia concedido US$ 417 milhões para uma mulher que afirmou ter desenvolvido câncer de ovário após usar os produtos da empresa, incluindo o talco. No entanto, essa decisão foi anulada e várias outras ações contra a J&J ainda estão por ser decididos. A maioria das 22 mulheres que moveram a ação contra a J&J não é do Missouri. Os casos, contudo, foram reunidos numa só ação e a empresa deve usar isso no recurso no qual tenta reverter a sentença. "Todo veredicto contra a Johnson & Johnson neste tribunal foi revertido após recurso e os múltiplos erros presentes neste julgamento foram piores do que aqueles nos anteriores que foram revertidos", afirmou a empresa.

Pesquisa diz que alimentar bebês com sólidos precocemente traz benefícios

A regra é clara: o ideal é alimentar bebês exclusivamente com leite materno até os seis meses de idade e só depois introduzir alguns alimentos pastosos, certo? Bem, há quem discorde. Um estudo financiado pela Food Standards Agency (agência de segurança alimentar britânica), recém-publicado no periódico JAMA Pediatrics, mostrou que ingerir alimentos sólidos depois dos três meses de idade, como um complemento ao leite materno, é benéfico para a saúde. Para chegar à essa conclusão, os cientistas observaram mais de 1300 crianças saudáveis durante três anos. Um grupo foi amamentado exclusivamente até os seis meses, enquanto o outro recebeu o leite materno enquanto se alimentava de sólidos pastosos a partir dos três meses. O resultado da introdução precoce de certos alimentos foi a redução das chances da criança desenvolver alergia – e a dieta incluía alimentos frequentemente alergênicos, como amendoim, ovos e trigo.

Além do benefício imunológico, o grupo que consumia sólidos também teve um sono melhor, dormindo cerca de dezesseis minutos a mais por noite (quase duas horas a mais por semana) e acordando duas vezes menos durante a noite. O resultado do estudo gerou controvérsia, principalmente porque a Assembleia Mundial da Saúde, promovida em maio pela OMS (Organização Mundial da Saúde) se baseou em quatro décadas de pesquisas e concluiu que o leite materno deve ser o único alimento de uma criança até seis meses de idade. O próprio porta-voz da Food Standarts Agency declarou: “Estamos encorajando todas as mulheres a seguir os conselhos atuais para exclusivamente amamentas pelos primeiros seis meses. Se houver alguma dúvida sobre o que é melhor para o seu bebê, por favor, procure orientação do seu médico ou profissional de saúde”. A nova pesquisa serviu para acender um novo debate na comunidade científica. Até lá, o ideal é seguir as recomendações de amamentação e, acima de tudo, ter a saúde e a nutrição do bebê como prioridade. (Superinteressante)

Claudia Leitte revela doença séria e diz que tirou nódulo das cordas vocais: 'Morri de medo'

A cantora Claudia Leitte, 38, revelou, após anos, que teve que passar por uma cirurgia, ainda no início da carreira, para retirar um nódulo nas cordas vocais. "Morri de medo, porque eu falei: 'O Senhor me disse que eu seria cantora, eu estou sendo, mas parece que não vou ser mais'". A afirmação foi feita em entrevista ao programa Câmera Record, que vai ao ar neste domingo (15). Nele, a cantora diz que a descoberta do nódulo aconteceu em um momento crucial de sua carreira e que acabou não falando para ninguém. "Fiquei muito doente", disse. Claudia, que completou 38 anos na última terça-feira (10), também falou da infância humilde, em que dividia o quarto com os pais e o irmão. "Foi a melhor infância que alguém podia ter. Eu queria ter um quarto só pra mim, mas era massa!", afirmou. Apaixonada por música e dança desde criança, Claudia conta que enfrentou resistência da família na hora de tocar a carreira de cantora. Chegou a iniciar a faculdade de direito, mas acabou trancando o curso. "Ela falava que ela ia ser cantora, não sei o quê, e eu dizia: 'Mas você primeiro vai ser doutora'", conta Ilna, mãe da cantora, aos risos.

Entidades apresentam projeto para criminalizar corrupção privada no país

A Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), rede que reúne diversas entidades públicas e privadas, criada em 2003 pelo Ministério da Justiça, elaborou um anteprojeto de lei que prevê a criminalização da corrupção privada no Brasil, com pena de até 5 anos de prisão e multa. O texto final será apresentado no dia 7 de agosto, na próxima reunião do órgão. Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que a discussão da proposta ocorre na esteira da Operação Lava Jato, que levou à prisão grandes empresários acusados de pagar propina a agentes públicos, crime previsto atualmente no Código Penal brasileiro. Nos casos de corrupção ativa ou passiva envolvendo o setor público, a pena vai de 2 a 12 anos de prisão, além de multa. A intenção da Enccla é promover também a responsabilização criminal de suborno entre empresas, como já ocorre em outros países.

De acordo com a publicação paulista, os alvos da iniciatiiva vão desde donos de empresa a funcionários e colaboradores que, em troca de alguma vantagem, violem seus deveres funcionais, entendidos como obrigações profissionais registradas em normas. A pena varia de 2 a 5 anos de prisão, além de multa.

Um dos casos que poderiam ser enquadrados na nova legislação, se já estivesse em vigor, é o que envolve a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Dois ex-presidentes da entidade são acusados de favorecer empresas de marketing esportivo em contratos para explorar competições.

José Maria Marin já foi condenado e está preso nos Estados Unidos, que pune a corrupção privada. Já Marco Polo Del Nero, apesar de investigado por autoridades americanas, ainda não teve seu caso analisado por estar no Brasil. Ambos negam as irregularidades. (Bocão News)

Justiça determina indenização por acidente de Eduardo Campos

A 8ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) condenou o PSB e dois empresários a pagarem, solidariamente, indenização a uma moradora de um apartamento atingido pela aeronave em que estavam, em agosto de 2014, o então candidato à Presidência Eduardo Campos e outras seis pessoas. A quantia foi fixada em R$ 10 mil, a título de danos morais. As informações foram divulgadas no site do TJ-SP nesta sexta-feira, 13. A Corte registrou que, como outro morador custeou os reparos no edifício, foi ajuizada ação diversa para ressarcimento dos danos materiais. De acordo com o processo, a moradora estava em seu apartamento quando escutou o barulho da queda do avião. Ao verificar o que havia acontecido, a idosa se deparou com os destroços da aeronave em sua garagem.

Ao analisar o recurso, o relator da apelação, desembargador Pedro de Alcântara da Silva Leme Filho, afirmou que os empresários e o partido político tinham a posse e a exploração direta e indireta da aeronave, razão pela qual devem responder pelos danos a terceiros.

"No caso dos autos, o dano moral prescinde de provas, bastando comprovar o fato que gerou o susto, o medo, a angústia e os transtornos decorrentes do acidente, sentimentos íntimos que geram o dever de indenizar. É o que a doutrina e a jurisprudência denominam de dano moral in re ipsa, nos quais indiscutíveis os efeitos lesivos do fato em si. Diante do nexo de causalidade entre a conduta dos apelados e os danos morais suportados pela apelante, resta clara a obrigação de indenizá-la", afirmou o magistrado.

Silva Leme Filho ressaltou também que a autora à época do acidente possuía 76 anos de idade e "teve que ficar afastada de casa por alguns dias, transtorno ainda pior para uma pessoa idosa, sem falar, ainda, das imagens chocantes dos restos mortais dos tripulantes em sua garagem que presenciou". O julgamento foi unânime. Participaram os desembargadores João Batista Silvério da Silva e Theodureto de Almeida Camargo Neto.

Fies terá 155 mil vagas para o segundo semestre do ano

O Ministério da Educação informou, nesta sexta-feira (13), que os interessados em solicitar o Financiamento Estudantil (Fies) concorrerão a 155 mil vagas na próxima edição. O prazo para as inscrições começa na segunda-feira (16) e vai até 22 de julho. Das vagas ofertadas, 50 mil são para operações com juros zero, dentro da modalidade I de financiamento, voltada para quem tem renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos. O restante será distribuído entre as outras duas modalidades, para quem tem renda renda per capita mensal entre três e cinco salários mínimos, e a forma de financiamento depende da região do País. Para concorrer a uma vaga é preciso ter feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010. Além disso, é necessário ter média igual ou superior a 450 pontos. A nota da redação tem de ser superior a zero.

O resultado da seleção será divulgado em 27 de julho e não há segunda chamada. Depois de selecionado, o candidato precisará complementar as informações de inscrição entre 27 e 31 de julho. Depois, levar todos os dados e documentos necessários à instituição financeira para emitir e assinar o contrato. Com informações do Portal Brasil.

PF acusa Aécio de atuar para maquiar dados enviados a CPI

A Polícia Federal atribuiu ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) e ao ex-vice-governador de Minas Gerais Clésio Andrade o crime de corrupção ativa no relatório final do inquérito que, durante dois anos, apurou suspeitas de maquiagem de dados do Banco Rural que deveriam ter sido entregues à CPMI dos Correios em 2005. De posse do relatório, a Procuradoria-Geral da República enviou manifestação ao ministro-relator do inquérito no Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, o pedido para que o caso siga à primeira instância com base na limitação da regra do foro privilegiado, uma vez que os fatos são anteriores ao mandato parlamentar. A conclusão da PF foi que Aécio Neves da Cunha, então governador de Minas Gerais, e Clesio Soares de Andrade, vice-governador, atuaram junto ao então senador Delcício do Amaral, presidente da CPMI, para que fosse dado mais prazo para o envio de informações bancárias, de tal modo que o Banco Rural pudesse alterar os dados referentes a contratos de empresas do publicitário Marcos Valério.

O intuito, segundo a PF, era impedir o acesso da CPI a conteúdos que ligassem a gestão tucana a crimes operados a partir das fraudes das empresas do publicitário com o banco.

"É seguro afirmar que, no início do segundo semestre de 2005, por intermédio de pessoa não plenamente identificada, Aécio Neves da Cunha e Clésio Soares de Andrade ofereceram vantagem indevida a Delcídio do Amaral para que este, na condição de presidente da CPMI dos Correios, viabilizasse o retardamento e a inadequação de remessa pelo Banco Rural de Informações bancárias envolvendo as empresas de Marcos Valério, com o propósito de, juntamente com atos pretéritos e posteriores, mitigassem evidências da existência e funcionamento dentro do Governo de Minas de esquema acentuadamente semelhante ao que ocorria no Governo Federal e era investigado naquela CPMI", diz o delegado da PF Heliel Jefferson Martins Costa.

O delegado aponta que Delcídio do Amaral "praticou ato de ofício contrário a seu dever legal, a pedido mediato e no interesse de Aécio Neves a Cunha e Clesio Soares de Andrade, em troca de promessa ou oferecimento, tácitos ou expressos, de vantagem política futura e indevida".

O relatório final não atribui crimes nem ao ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que era membro titular da CPMI dos Correios, nem ao deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP). A investigação sobre os dois não encontrou provas que sustentassem o relato de Delcídio do Amaral. "Deixo de indiciar, por ausência de provas, condutas típicas imputáveis aos investigados Eduardo Paes e Carlos Sampaio", diz o relatório.

Diante disso, a defesa de Eduardo Paes pediu ao ministro Gilmar Mendes que, em vez de enviar para a primeira instância, decrete o arquivamento da investigação em relação especificamente ao cliente.

O fato de a Procuradoria-Geral da República não ter apresentado uma denúncia, e sim pedido o envio à primeira instância, não significa uma análise sobre o relatório final da PF, mas o reconhecimento de que esse é um dos casos que já não devem ser julgados no Supremo devido à nova regra estabelecida pelo tribunal que só mantém na Corte processos sobre crimes cometido no mandato e em razão do mandato.

Gilmar Mendes recentemente arquivou um inquérito que a PGR tinha pedido para ser encaminhado à primeira instância, em que eram investigados o senador Jorge Viana (PT-AC) e o governador do Acre, Tião Viana (PT). Nesse caso, no entanto, não havia na ocasião relatório final propondo a acusação dos investigados.

A defesa de Aécio Neves sustentou que a conclusão da PF "é desprovida de fundamentação em que se possa acreditar e é incompatível com as provas colhidas ao longo das investigações". "Ele (delegado) se refere à suposta vantagem indevida que teria sido oferecida por intermediário do senador Aécio Neves sem especificar qual vantagem e qual intermediário seriam esses", disse o advogado Alberto Toron.

"A leitura integral do relatório e do inquérito policial deixa claro que todos os documentos foram devidamente enviados pelo Banco Rural à CPMI, demonstrando a falsidade da acusação feita contra o senador Aécio Neves", afirmou Toron. Com informações do Estadão Conteúdo.

Direitos Humanos devem ser respeitados na Internet, diz ONU

Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou resolução defendendo o respeito, a promoção e o exercício dos direitos humanos na internet. As resoluções não tem força de lei, mas são orientações importantes para guiar governos e a sociedade. O documento afirma que os mesmos direitos garantidos no mundo offline devem ser proporcionados também no ambiente online. Entre eles a liberdade de expressão, que deve ser respeitada e viabilizada independentemente de plataformas e de fronteiras. No texto, o conselho chama os governos dos países-membro a fortalecerem a cooperação de modo a desenvolver programas de facilitação do acesso e do uso de meios de comunicação e tecnologias. Esses recursos são vistos como instrumentos fundamentais para o exercício dos demais direitos humanos pelas pessoas.

Este esforço inclui também a busca pela diminuição das desigualdade digitais entre cidadãos, especialmente na perspectiva de gênero, e a garantia de um ambiente online seguro e sem discriminação. A disseminação e a apropriação das tecnologias, recomenda, deve ser realizada orientada pelos direitos humanos.

Essa abordagem envolveria, por exemplo, a acessibilidade nesses equipamentos, de modo a permitir que elas sejam plenamente aproveitadas por pessoas com deficiência. Entre recursos para este público estão a audiodescrição e medidas de facilitação de leitura (como variações de contraste em sites e aplicativos).

Ao mesmo tempo, a resolução indica aos governos a importância de desenvolverem “remédios” para quando violações de direitos humanos ocorrem na rede.

Privacidade e proteção de dados
A resolução elenca a privacidade e a segurança como dois valores orientadores importantes. Neste sentido, recomenda aos governos a aprovação de leis ou normas semelhantes que assegurem a proteção de dados dos cidadãos. Nesta semana, o Congresso Nacional aprovou a primeira lei geral de proteção de dados, mas a matéria ainda precisa da sanção do presidente Michel Temer e levará um ano e meio para entrar em vigor.

Além disso, o documento salienta a responsabilidade também do setor privado. “Empresas devem trabalhar para viabilizar soluções técnicas que deem segurança e protejam a confidencialidade das comunicações digitais”, acrescenta, citando como recursos técnicos o uso de anonimização (quando os dados não podem mais ser relacionados a um indivíduo) e criptografia (uma ferramenta para dificultar a leitura de uma informação transmitida).(Agencia Brasil)

Reclame menos, agradeça mais

Acontecem quatro coisas boas, você gosta, comemora, celebra, curte, o ego fica satisfeito. Acontece uma nem tão favorável e pronto, parece que é o fim do mundo. Você pensa "tudo deu errado" e sofre, e se lamenta, e fica desconfortável. Sente como se a chata pulguinha da frustração ficasse zumbindo o tempo todo em seus ouvidos, lembrando-lhe o que saiu contrário à sua expectativa. Eita criatura essa, o homem, que tem sempre a tendência de super valorizar o negativo, esquecendo-se das coisas boas que possui. Será mesmo que TUDO deu errado? Ou apenas uma coisa não saiu como se esperava? E o que deu certo não merece valor? Que mania é essa que temos de, no fim das contas, saldar os ocorridos sempre com o negativo? Além de não fazer bem nenhum só valorizar os acontecimentos ruins, ainda deixar essa lembrança viva é não ser grato ao que de bom se passou. Um sábio chinês disse certa vez que aquele que não agradece o que tem de bom acaba por perder suas dádivas, já que só se importa com o que é ruim. O jeito é – quando o pensamento da frustração vier – imediatamente reforçar mentalmente as coisas boas, bonitas e positivas que acontecem. Afinal, todo fato, mas todo mesmo, tem os dois lados. É o tão falado Yin e Yang. Em todo mau tem um pouquinho de bom, como em todo bom tem um risquinho de mau. Então, pra que salientar apenas a dor ao invés da alegria? Isso depende só de você e da sua força de vontade. Mentalize a mudança interna a começar pela vigilância de seus próprios pensamentos. (Arita)

Feira de Santana: Crianças colocam fogo em colchão, chamas se alastram e destroem móveis de apartamento

Um incêndio atingiu um apartamento, ontem em um condomínio do município de Feira de Santana, que fica a cerca de 100 quilômetros de Salvador. O incidente ocorreu após crianças terem colocado fogo em um colchão no imóvel e as chamas se alastrarem. O caso foi no Conjunto Aeroporto I, no bairro Santo Antônio dos Prazeres. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu conter as chamas. Não houve feridos. Além do susto, os moradores tiveram prejuízos, porque o fogo destruiu móveis que estavam no quarto, na sala e na cozinha do imóvel. (G1/Ba)

Alagoinhas: Homem é condenado a 30 anos de prisão por matar grávida e esconder corpo

O Tribunal do Júri condenou nesta quinta-feira (12), Vinícius dos Reis Pereira a 30 anos de prisão em regime fechado pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver e por tentativa de aborto por meio de coação. Ele foi acusado de asfixiar, até a morte, Gisele Cordeiro Reis na noite do dia 23 de maio de 2012, em uma das suítes de um motel localizado às margens da BR-101, em Alagoinhas. O corpo da vítima, que estava grávida, foi ocultado por Vinícius Pereira no dia seguinte em uma cova nos fundos da casa dele. O homicídio foi considerado triplamente qualificado porque Vinícius Pereira matou Gisele Santos simplesmente por motivo torpe, ao não querer a gravidez, com emprego de asfixia e uso de dissimulação, ao seduzir a vítima até o local do crime. A denúncia oferecida pelo Ministério Público foi sustentada no Júri pelo promotor de Justiça Gilber Santos de Oliveira. A sentença foi proferida pelo juiz Álvaro Marques de Freitas Filho, que acatou os argumentos trazidos pelo MP contra as alegações da defesa de que o réu possuía problemas mentais e que, portanto, não tinha entendimento da natureza e consequências dos fatos praticados por ele. De acordo com o MP, o crime foi premeditado e Vinícius Pereira teria tentado promover o aborto durante três meses, induzindo a vítima a tomar substâncias abortivas e executado os crimes com “frieza e meticulosidade”, pois “pensou em todos os pormenores para viabilizar a execução e tentar garantir sua impunidade”. Na sentença, o juiz afirmou ao Bahia Notícias que “não há qualquer comprovação de que estaria diminuída a sua consciência pelos atos praticados” e que o condenado mostrou “inclinação pela dissimulação e premeditação”.

Comer nozes ajuda a deixar o esperma saudável, diz estudo

Pesquisadores da Universidade Rovira i Virgili, na Espanha, descobriram que homens que incluem nozes na dieta apresentam esperma mais saudável. Segundo o teste clínico, indivíduos que ingeriram 60 gramas de nozes todos os dias durante 14 semanas tiveram aumento na contagem de espermatozoides no sêmen. De acordo com o IG, a pesquisa foi realizada com 119 homens saudáveis, dos 18 aos 35 anos, separados em dois grupos. O primeiro grupo seguiu os hábitos alimentares normalmente, enquanto o segundo incluiu 60 gramas diárias de amêndoas, avelãs e nozes na dieta. Depois desse período, os pesquisadores analisaram os espermas e sangues dos participantes, constatando aumento de cerca de 16% na contagem de espermatozoides do segundo grupo. O número de espermatozoides vivos e saudáveis encontrados aumentou 4%, enquanto a motilidade espermática aumentou em 6%. Também foi contatado melhora no formato dos espermatozoides. 1% deles apresentou forma mais próxima do padrão, com cabeças ovais e caudas longas, determinando o quão fértil o homem é. O principal autor do estudo, Albert Salas-Huetos adverte que embora os resultados sejam significativos, mais pesquisas precisam ser feitas antes que as nozes passem a user usadas para tratar problemas de infertilidade.

Em recuperação de tuberculose, Simaria canta louvor com filhos: ‘Lutem até respirar’

A cantora Simaria, que faz dupla com Simone, está na reta final do tratamento contra a tuberculose ganglionar, que a afastou dos palcos desde abril. Descansando nas Ilhas Maldivas, a baiana se emocionou ao compartilhar um vídeo cantando um louvor com os filhos na banheira. "Meu Deus que momento lindo! Obrigada por me deixar viver isso. Obrigada Efésios 6 de @andersonrfreireoficial na voz de Giovanna Pawel e eu. Meus filhos amam muito esse louvor", escreveu no Instagram. Um dos trechos da música, inclusive, diz para que as pessoas "lutem até respirar". Nos comentários, os fãs comemoram poder ouvir a voz da cantora mais uma vez. "Que lindo", "Que felicidade te ouvir mais uma vez", "Glória Deus! Ele bom o tempo todo, cria somente. Deus tem um propósito para todas as coisas. Volta logo, estamos com saudade", foram alguns dos comentários. Vale dizer que o retorno de Simaria está marcado para o próximo dia 9 de agosto.

Piauí quer ser o 1º estado a plantar maconha para produzir canabidiol

O governo do Piauí vai pedir autorização a Polícia Federal e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser o primeiro estado do Brasil a plantar maconha e produzir canabidiol para fins medicinais. Segundo a Anvisa, é necessário criar um protocolo de pesquisa e utilização do medicamento com conclusão até agosto para que o pedido seja oficializado. De acordo com a Folha de São Paulo, a Anvisa afirmou que ainda não recebeu um pedido oficial do Piauí ou de outra entidade para realizar a pesquisa, mas que a Universidade Federal do Piauí (UFPI) entrou em contato para tirar dúvidas técnicas. O órgão informou que a atividade de cultivo não pode ser autorizada por falta de regulamentação. Desde 2006, a lei 11.341 autoriza o plantio da Cannabis para fins medicinais ou científicos, mas fica impedido de ser finalizado por falta de regulamentação. A Anvisa tem autorizado a importação de canabidiol desde 2014, com laudo e receita médica, em geral para crianças com epilepsia e crises convulsivas graves.

Salvador: Esquadrilha da Fumaça se apresenta no Farol da Barra neste sábado

Neste sábado (14), a Esquadrilha da Fumaça apresenta o seu show de acrobacias no Farol da Barra, a partir das 16h. O show em Salvador abre o circuito de demonstrações aéreas do grupo, que ainda vai passar por 12 cidades da região Norte e Nordeste do país. A apresentação dura em média 35 minutos, com cerca de 50 acrobacias. Neste ano, a aeronave utilizada será o Super Tucano A-29, que tem na pintura cores vibrantes da bandeira do Brasil. “A Esquadrilha da Fumaça emociona bastante o público. Além da própria aeronave, que é nova e tem a nossa bandeira estampada na cauda, tem as acrobacias, que são a marca da Esquadrilha”, disse o capitão aviador Glauber Lage Moreira Claver Silva ao Correio 24h. Se tornar piloto da Esquadrilha da Fumaça – instrumento de divulgação das Forças Armadas do Brasil – é uma conquista para muita gente. O capitão aviador Pedro Augusto Esteves, há 17 anos na Força Aérea, conta que entrar para a seleta equipe foi a realização de um “sonho de infância”.

“Já é uma longa trajetória. Sinto um orgulho muito grande. Tenho oportunidade de viajar muito, de conhecer muitos lugares. Já estive em Salvador, mas com a Esquadrilha da Fumaça é a primeira vez. Espero que muita gente vá curtir e aproveitar esse momento com a gente”, diz o capitão Esteves. A última apresentação da Esquadrilha na capital baiana foi em 2012. (bahia.ba)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*