Débora Nascimento quis separação após ver celular do marido

A separação dos atores José Loreto e Débora Nascimento teve novos detalhes revelados nesta segunda-feira (18) no "Fofocalizando". Segundo o colunista Leo Dias, o antagonista de "O Sétimo Guardião", que deixou de ser seguido pela ex-mulher nas redes sociais, está fora de casa desde quinta-feira, depois que a atriz se deparou com conversas e não gostou do tom usado por ele com uma colega de elenco. Dias antes, a intérprete de Luz teria parte do elenco em uma festa restrita aos atores, sem a presença de maridos, mulheres e mesmo celulares. "A Débora é uma pessoa muito ciumenta, com opinião forte, muita gente acha ela chata e resmungona, ela nunca deixaria passar uma situação dessa. Ela flagrou mensagens e tinha um certo encantamento com a Marina Ruy Barbosa", afirmou o jornalista.

Atriz teriam ligado para Leo Dias: Segundo relato do colunista no Fofocalizando no SBT, diversas artistas globais entraram em contato com ele, por telefone e mensagem privada, para apontar a ruiva como pivô. "Marina, nós sabemos que não foram os instagrans de fofoca [que indicaram Marina como motivo da separação]. Respeitamos demais você, mas essa fofoca surgiu na TV Globo e é lá de onde surgiram essas informações. Eu me baseei em fontes e essa moça aqui [Lívia Andrade, que estava ao lado do jornalista na atração] acompanhou tudo de perto. A declaração veio depois de a jovem usar as redes sociais para se posicionar diante de tais rumores. "Hoje comecei a ser apontada por fofoqueiros da internet de ser talvez pivô de uma separação, que devem assistir muita televisão e pelo visto a novela. Eu amo meu marido e sou muito feliz no casamento e nunca teria, nem nunca tive nada além de uma parceria profissional e amizade no trabalho consequência da novela. Completamente infundado tudo isso", lamentou a artista, casada com o empresário Xande Negrão, para quem ela se declarou no Valentine's Day. (Informações: Purepeople via Terra)

Projeto inclui crime de 'estupro corretivo' no Código Penal

O Projeto de Lei 452/19 pretende incluir no Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40) o crime de “estupro corretivo” – aquele que, segundo o texto, é cometido para controlar o comportamento sexual ou social da vítima. Nesse caso, a pena será aumentada em 1/3. A proposta está em análise na Câmara dos Deputados. O autor, deputado Valmir Assunção (PT-BA), considera o crime abominável. “O machismo da sociedade brasileira consegue descobrir cada vez novos caminhos de violência para vitimizar as mulheres”, disse. Conforme o texto, os chamados “estupros corretivos” têm ocorrido de duas maneiras: tendocomo vítimas mulheres lésbicas, para haver uma “correção” de sua orientação sexual; ou para “controle de fidelidade”, em que namorados ou maridos ameaçam a mulher de estupro por todos os amigos ou membros de gangues.

No ano passado, audiência pública na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados apontou aumento nos casos de “estupro corretivo” por meio de comunicações pelo telefone 180, que é um número para denúncias de violência contra a mulher.

Tramitação

A proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e depois seguirá para o Plenário. Com informações da Agência Câmara.

Saiba como consultar extrato de rendimentos para o IR 2019

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já podem acessar o extrato para Imposto de Renda – ano-base 2018 – na página do instituto na internet. É possível consultar o demonstrativo diretamente pelo site, sem necessidade de senha. Extratos de anos anteriores também estão disponíveis. Meu INSS – O demonstrativo também pode ser obtido no Portal Meu INSS, com login e senha. Caso seja o primeiro acesso, é necessário fornecer os dados solicitados na área de login e fazer o cadastro, criando uma senha com, no mínimo, nove caracteres, pelo menos uma letra maiúscula, uma letra minúscula e um número. Ao acessar o sistema com a senha, basta escolher a opção Extrato para Imposto de Renda, do lado esquerdo da página, e emitir o documento.

É possível ainda retirar o extrato nas Agências de Previdência Social (APS), com agendamento prévio. Para isso, é necessário acessar o Meu INSS, informar os dados pessoais na área de login, clicar em “não sou um robô” e depois em “continuar sem login”. Em seguida, clicar em Novo requerimento e digitar a palavra extrato no campo de pesquisa para selecionar o serviço desejado. Compareça à unidade do INSS indicada no Meu INSS, no dia e hora marcados, com os documentos necessários. Para mais conforto aos cidadãos, porém, o INSS recomenda que a obtenção do extrato seja feita pela internet.

Até o fim do mês, a Receita Federal divulgará as datas de envio das declarações de Imposto de Renda, bem como os limites de isenção e as faixas de renda tributáveis. Com informações do portal do INSS. (Noticias ao Minuto)

João de Deus e mulher responderão por posse ilegal de arma

O médium João de Deus e sua mulher, Ana Keyla Teixeira Lourenço, viraram réus por posse ilegal de arma de fogo, informou nesta segunda-feira, 18, o Tribunal de Justiça de Goiás. A denúncia foi recebida pelo juiz Ricardo Silveira Dourado, da 1ª Vara Criminal. A polícia encontrou na residência do casal um revólver 38 e 11 munições em 21 de dezembro do ano passado. Os dois terão dez dias para apresentar defesa no caso e depois serão julgados. Ao analisar a denúncia, feita pelo Ministério Público do Estado de Goiás, o magistrado destacou, segundo nota do TJ, "que estão preenchidos os requisitos legais do artigo 41 do Código de Processo Penal, bem como há nos autos provas da materialidade e indícios suficientes de autoria, havendo justa causa para instauração da ação penal com a presença de todas as condições da ação".

João de Deus responde a outros processos sob acusação de violação sexual mediante fraude e de estupro de vulnerável. Ele está preso desde o dia 16 de dezembro após denúncias sobre os crimes terem surgido. A defesa nega os crimes e tenta obter a liberdade do acusado por meio de habeas corpus, que já foi negado em diferentes instâncias. Com informações do Estadão Conteúdo.

STF publica acórdão de inconstitucionalidade de pensão a ex-governadores da Bahia

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), publicou o acórdão que declarou inconstitucional o pagamento de pensão vitalícia a ex-governadores da Bahia. O caso foi julgado em dezembro do ano passado, no último dia antes do recesso do Judiciário. O teor da decisão já havia sido divulgado, mas o acórdão, com os fundamentos da decisão dos ministros, só foi publicado nesta segunda-feira (18).

A ação foi movida pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A emenda constitucional que criou o benefício foi aprovada pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) em 2014. A OAB sustentou que a Constituição Federal não autoriza o pagamento de pensão vitalícia para ocupante de cargo público. A AL-BA defendeu o benefício e argumentou que não há ofensa ao princípio da igualdade ante a situação diferenciada experimentada por ex-Chefe do Poder Executivo estadual, a justificar a percepção de “pensão especial”. A Advocacia-Geral da União (AGU), por sua vez, pediu a declaração da inconstitucionalidade, pois o pagamento é injustificado, sem indicação da fonte de custeio.

O relator do caso, Ministro Marco Aurélio Mello, alegou em seu voto que não é possível instituir subsídio para quem não mais ocupa um cargo público e nem vincular os vencimentos aos do governador em exercício. Para o Marco Aurélio, o dispositivo também violou diversos preceitos da Constituição Federal, entre eles o que exige edição de lei ordinária, e com a participação do Poder Executivo, para legislar sobre a matéria. “É tempo de atentar-se ao que impõe a Constituição Federal, cujas diretrizes não podem ser solenemente ignoradas pelos constituintes estaduais. Ante a forma republicana de governo – tal qual anunciada desde a cabeça do artigo 1º da Constituição Federal –, vale considerar o caráter imperiosamente temporário do exercício de mandatos eletivos, premissa básica e traço essencial de qualquer República”, alerta o ministro no voto.

O voto foi seguido pelos demais ministros do STF. O Supremo já havia declarado inconstitucional leis semelhantes nos Estados de Mato Grosso do Sul, Sergipe e Paraíba. O entendimento da Corte é que essas pensões aos ex-governadores violam princípios constitucionais. Na prática, o benefício na Bahia já estava suspenso desde 2017, após uma decisão liminar da Justiça estadual em uma ação popular, mas agora, com a decisão do STF de declarar a regra inconstitucional, não há mais o risco do benefício voltar a ser depositado aos ex-governadores. (BN)

Presidente da CNI é preso em operação da PF

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, foi preso pela Polícia Federal (PF) na operação Fantoche, deflagrada nesta terça-feira (19) com a colaboração do TCU (Tribunal de Contas da União). O objetivo é desarticular uma suposta organização criminosa voltada para a prática de crimes contra a administração pública, fraudes licitatórias, associação criminosa e lavagem de ativos. Segundo a PF, as investigações são relativas a um grupo de empresas de fachada, sob o controle de uma mesma família, que teria desviado recursos provenientes de contratos e convênios fechados diretamente com o Ministério do Turismo e entidades do Sistema S. Esses contratos eram, na maioria das vezes, voltados à execução de eventos culturais e de publicidade superfaturados e/ou com inexecução parcial, diz a investigação.

A Operação Fantoche emitiu 40 mandados de busca e apreensão e dez mandados de prisão temporária nos estados de PE, MG, SP, PB, DF, MS e AL. A estimativa é que o grupo tenha recebido mais de R$ 400 milhões por meio desses contratos. As medidas foram determinadas pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco, que ainda autorizou o sequestro e bloqueio de bens e valores dos investigados. (Noticias ao Minuto)
 

Hoje tem superlua no céu; confira dicas para fotografar o fenômeno

Nesta terça-feira (19), cidades de todo o mundo poderão apreciar no céu a maior superlua do ano de 2019. O fenômeno acontece quando a Lua está à uma distância da Terra inferior a 110% do perigeu - ponto da órbita em que um planeta está mais próximo da Terra - da sua órbita. As superluas, destaca a Nasa, podem ser observadas a olho nu, mas é difícil para os nossos olhos fazerem a distinção precisa dessas mudanças de tamanho com o satélite localizado em um lugar tão alto e em um vasto céu à noite. Apesar disso, muita gente não se contenta apenas em observar e quer registrar o momento por meio do celular ou mesmo de câmeras fotográficas. O resultado, convenhamos, nem sempre sai como o esperado e o que vemos são imagens em que a lua aparece apenas como uma mancha branca no meio céu. Confira abaixo algumas dicas, de acordo com o portal G1, e tente tirar fotos dignas de muitas curtidas nas redes sociais.

1. Luz

O mais importante é fazer a medição correta da luz. A Lua é um corpo celeste muito brilhante, e como na maioria das vezes ela é fotografada durante a noite, é comum que o celular faça uma medição geral do quadro (onde 90% do espaço está escuro) e a Lua vire um borrão de luz branca. Para resolver isso é preciso colocar a medição do celular exatamente em cima da Lua. Se for um iPhone, basta colocar o quadradinho sobre o satélite. No Android, é um círculo. Se o seu celular oferecer a opção de posicionar o foco em um ponto infinito, habilite-a. Aplicativos com controles manuais também podem ser utilizados para atingir a medição correta.

2. Horário

Para que a foto não seja apenas um fundo preto com uma bolinha branca o ideal é fotografá-la antes que o céu esteja totalmente escuro. Um bom horário é o momento do crepúsculo, por volta das 19h, quando o céu ainda está relativamente claro e a Lua já está alta e grande o suficiente para uma boa foto.

3. Enquadramento

As fotos ficam mais interessantes quando vão além da Lua sozinha com o céu de fundo. Tente incluir pessoas, árvores, pássaros ou outros elementos na composição da foto. Se você tiver acesso a algum local alto, como o topo de um prédio, fotografe de lá para ter a cidade na composição com a lua.

4. Configuração

Utilize a maior resolução disponível no aparelho. Se puder escolher também a quantidade da imagem deixe sempre a opção com menor compressão. Apesar dos arquivos ocuparem mais espaço na memória, vale a troca por imagens com mais detalhes e menos ruídos causados pela compressão. Se o seu celular possuir a opção de fazer imagens com HDR, acione-a. A tecnologia aumenta a capacidade do aparelho de capturar luzes com diferentes intensidades.

5. Acessórios

Por cerca de 80 reais é possível comprar um adaptador de lente teleobjetiva para o celular. Essa lente aumenta o poder do ‘zoom’ do aparelho. Como a maioria dos celulares tem uma lente bem aberta, é bastante recomendável utilizar uma dessas para fotografar a Lua.

6. Luminosidade

Reduza a luminosidade para ressaltar os traços da Lua e suas cores. Tanto em iPhone quanto em Android, é só deslizar a bolinha que aparece do lado do quadradinho ou da bolinha.

7. ISO

Se o celular selecionar opções manuais de fotografar, opte por diminuir ao máximo o ISO, que determina a sensibilidade da câmera. A Lua já fornecerá luz intensa o suficiente.

8. Modo contínuo

Diversos celulares permitem que se tirem várias fotos em sequência enquanto se segura o botão de disparo. Esse recurso pode ser utilizado para evitar fotos tremidas.

9. Selfies/Retratos

Selfies não são uma boa ideia pela baixa qualidade da câmera frontal da maioria dos telefones. Já o problema de tirar retratos de pessoas com a Lua ao fundo é a grande diferença de luz entre a pessoa e o satélite da Terra. Para que a pessoa saia bem iluminada, o celular utilizará uma configuração que provavelmente tratará a Lua como uma fonte emissora de luz muito grande. O resultado será desagradável: a Lua vai virar um borrão branco. Uma alternativa é utilizar o flash ou tirar a foto no início da noite, antes de escurecer totalmente. (Noticias ao Minuto)

Arara ameaçada de extinção volta a ocupar caatinga baiana

A arara-azul-de-lear tem voltado a ocupar espaços da caatinga baiana, principalmente no Raso da Catarina e Boqueirão da Onça, no norte do estado. O pássaro era dado como quase extinto. No entanto, iniciativas de preservação tentam evitar o fim da espécie. Segundo o G1, vários projetos são desenvolvidos para estimular o crescimento da população nas cidades de Canudos, Serra Branca, Euclides da Cunha, Jeremoabo, Santa Brígida e Paulo Afonso. Os projetos são focados em preservação da área e do licuri, principal alimento desta ave. Estima-se que cerca de 1,7 mil arara-azul-de-lear vivem na região do Raso da Catarina. Ainda segundo o site, outros 182 animais da caatinga também estão sob ameaça de desaparecer. São os casos da onça-pintada e a parda. (BN)

Arara ameaçada de extinção volta a ocupar caatinga baiana

A arara-azul-de-lear tem voltado a ocupar espaços da caatinga baiana, principalmente no Raso da Catarina e Boqueirão da Onça, no norte do estado. O pássaro era dado como quase extinto. No entanto, iniciativas de preservação tentam evitar o fim da espécie. Segundo o G1, vários projetos são desenvolvidos para estimular o crescimento da população nas cidades de Canudos, Serra Branca, Euclides da Cunha, Jeremoabo, Santa Brígida e Paulo Afonso. Os projetos são focados em preservação da área e do licuri, principal alimento desta ave. Estima-se que cerca de 1,7 mil arara-azul-de-lear vivem na região do Raso da Catarina. Ainda segundo o site, outros 182 animais da caatinga também estão sob ameaça de desaparecer. São os casos da onça-pintada e a parda. (BN)

PF faz operação para investigar corrupção no Ministério do Turismo e no Sistema S

Na manhã desta terça-feira (19), a Polícia Federal (PF) desencadeou a Operação Fantoche, que investiga um esquema de corrupção envolvendo um grupo de empresas sob o controle de uma mesma família que vem executando contratos firmados por meio de convênios com o Ministério do Turismo e entidades do Sistema S, sob suspeita de prática de crimes contra a administração pública, fraudes licitatórias, associação criminosa e lavagem de ativos. São cumpridos 10 mandados de prisão e outros 40 de busca e apreensão no Distrito Federal, Pernambuco e outros cinco estados. A 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco ainda autorizou o sequestro e bloqueio de bens e valores dos investigados.

Foi registrado a saída de carros com equipes da PF da sede, no Cais do Apolo. Havia também um carro da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Pernambuco (OAB-PE).

Os mandados, segundo o G1, são cumpridos ainda em São Paulo, Paraíba, Mato Grosso do Sul e Alagoas. O sistema S inclui entidades como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Serviço Social do Comércio (Sesc), o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac). (BNews)

Ação do MP resulta na retirada de nove crianças que viviam embaixo de ponte em Barreiras

Nove crianças moravam embaixo de uma ponte, em convívio com animais, bebidas alcoólicas, fezes e sujeira, às margens do Rio Grande e da BR 242, no município baiano de Barreiras. Uma delas, de apenas três anos, perdeu a perna direita ao ser atropelada nas mediações da ponte por um veículo de carga pesada, enquanto sua mãe lavava roupas no rio, no último mês de dezembro. A situação, comunicada pelo Conselho Tutelar de Barreiras ao Ministério Público baiano, chamou a atenção do promotor de Justiça Márcio Guedes que visitou pessoalmente o local e, em razão da situação de vulnerabilidade constatada, ingressou com uma ação de suspensão do poder familiar de cinco crianças irmãs para que fossem retiradas do local e acolhidas temporariamente em um abrigo. O juiz Ricardo Costa e Silva, atendeu o pedido do MP, e determinou a retirada dos cinco irmãos do local. A determinação foi cumprida na última sexta-feira, dia 8, com o apoio de policiais e bombeiros militares, conselheiros tutelares, assistentes sociais e psicólogos. Outras crianças que viviam no local também foram acolhidas e estão abrigadas no Lar de Emmanuel, que fica no município.

A medida de suspensão do poder familiar, segundo a decisão do juiz, foi deferida com a finalidade de “resguardar a integridade física e psicológica das crianças”. Ele determinou, ainda, que o acolhimento fosse feito no Lar de Emmanuel e que as crianças estudem e recebam acompanhamento especializado. Na manhã de ontem, dia 13, após cinco dias da ação de retirada das crianças do local, o promotor de Justiça Márcio Guedes visitou o abrigo que as acolheu para se cientificar da situação delas e encontrou as crianças bem vestidas e alimentadas, as maiores frequentando escolas e as menores recebendo as vacinas adequadas. “As crianças estão bem acolhidas, recebem a visita dos pais, e a tendência é que retornem para suas famílias, sob a condição de que não voltem a morar embaixo da ponte”, afirmou o promotor de Justiça. De acordo com informações colhidas pelo Ministério Público, a família possui uma casa em um bairro da cidade, mas permanecia morando embaixo da ponte em virtude do imóvel “ser pequeno” e “para comercializar seus produtos (de limpeza) e receber doações” no local. Para que a condição das famílias também seja avaliada, o promotor Márcio Guedes encaminhará cópia do processo para a Promotoria de Justiça com atribuição na área da Cidadania. Segundo ele, mais de 20 pessoas ainda moram embaixo da ponte. (Redator: Aline D'Eça MTb-BA 2594)

Veja dicas de como economizar durante os dias de carnaval

Para quem quer curtir o carnaval sem "aperto" no bolso, vale ter alguns cuidados na hora de cair na folia. Seja viajando ou curtindo as festas da cidade é essencial se programar com antecedência e respeitar os limites da sua atual situação financeira. O especialista em finanças, Reinaldo Domingos, listou seis dicas para aqueles que querem passar o período festivo com o orçamento equilibrado. Confira:

Viagens
Quem deseja viajar, mas não se planejou deve pesquisar locais, preços, pacotes e condições de pagamento que se encaixem em seu orçamento. Vale ainda levar uma graninha extra como reserva. 

Festas de rua
Em festas de rua, a tendência é gastar apenas com o que for consumir e com fantasia ou abadá. Para quem é frequentador assíduo – que vai antes, durante e até depois do carnaval – é importante conhecer seus números e saber o quanto pode gastar para não ter surpresas após as festas.

Fantasias
Se for pular o Carnaval fantasiado, considere reformar a fantasia do ano passado ou pegar emprestado com um amigo. Se gostar de explorar a criatividade e colocar a mão na massa, projete e produza a sua nova fantasia. Há muitas ideias bacanas na internet!

Bebidas e alimentos
No carnaval, é preciso se atentar aos excessos, inclusive o de alimentos e bebidas alcoólicas. Afinal, exagerar nesses quesitos não fará bem para sua saúde física e financeira. Ao comprar, procure valores promocionais em atacados, pois tende a ser mais barato e saudável levar cooler com bebidas e petiscos do que comprar de vendedores ambulantes.

Inadimplente: cuidado dobrado
Caso esteja com contas acumuladas, evite contrair novas dívidas no carnaval. Procure economizar para que o momento de descontração e alegria não se torne motivo de preocupação. 

Hora de curtir
Se você se programou com antecedência e guardou uma grana para aproveitar o carnaval, vale fazer um levantamento de quanto está disposto a gastar por dia, dividindo a quantia total pelo número de dias da folia. (Ibahia)

Reforma da Previdência chancelada por Bolsonaro garante economia de R$ 1,1 trilhão em 10 anos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, conseguiu garantir uma economia de R$ 1,1 trilhão, em até 10 anos, nas despesas com a proposta de reforma da Previdência aceita pelo presidente Jair Bolsonaro em reunião nesta quinta-feira, 14, segundo apurou o Estadão/Broadcast. Pela proposta, as idades de aposentadoria será de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres. Pela tabela de transição apresentada ao presidente, a qual o Estadão/Broadcast teve acesso, as idades mínimas finais seriam atingidas em 2029 para homens (65 anos) e em 2031 para mulheres, levando 10 e 12 anos, respectivamente, para sua conclusão. As idades mínimas sobem seis meses a cada ano, a partir de 2019 com 60 anos para homens e 56 anos para mulheres. Com esse ritmo, a idade mínima para aposentadoria em 2022, último ano do mandato do governo Bolsonaro, será de 61,5 anos (homens) e 57,5 anos (mulheres). Essas idades eram o desejo do presidente. Segundo uma fonte, o desenho “alinha o discurso de Bolsonaro com a necessidade econômica”. O trabalhador vai poder escolher qual regra de transição quer seguir e optar pela mais vantajosa: a das idades mínimas ou o sistema de pontos (que leva em conta a idade mais o tempo de contribuição). (MSN)

Mulher de Alexandre Frota, Fabi deixa hospital depois de dar à luz a filha Bella

A modelo e atleta fitness Fabi Frota, 36, deixou a maternidade na tarde desta quinta-feira (14) após dar à luz a filha Bella, fruto de seu casamento com o deputado federal Alexandre Frota (PSL), 55. “Um dia mais do que especial em nossas vidas a chegada da nossa princesa Bella”, afirmou ela em suas redes sociais. O bebê nasceu no último sábado (9), na 40ª semana de gestação, com 3,45 kg e 47 centímetros, na capital paulista. “Foi tudo como planejamos, lindo e emocionante. A Bella chegou direto para os meus braços. E você papai [Alexandre] foi maravilhoso e guerreiro, do meu lado o tempo todo… Momento mágico”, escreveu. Fabi também postou dois vídeos em sua conta no Instagram mostrando o momento do parto, ocorrido no último dia 9, Alexandre cortando o cordão umbilical, a primeira visita do filho mais velho de Fabi, Enzo, 11. A saída da maternidade, no entanto, foi sem o papai, que postou fotos suas de volta ao Congresso nesta quinta. A nova mamãe já havia dito à Folha de S.Paulo que não deixará São Paulo para acompanhar o marido, eleito nas últimas eleições com mais de 150 mil votos, em Brasília. Ela falou que foi uma decisão sua e que ele terá que se revezar entre as duas cidades, passando apenas os finais de semana com a família, na capital paulista. “Tenho certeza que ele fará um trabalho incrível, ele é superprofissional, inteligente e fará a diferença. A única coisa é torcer por ele, sei que será um ano difícil”, diz a modelo, casada há sete anos com o ator e deputado federal. Quando a ter mais filhos, Fabi conta que até gostaria: “Por mim teria três filhos, mas não dá. Dois está ótimo. Bella vem para completar, um anjinho que vem para abençoar e fechar a fábrica”, completa a modelo, que afirma que voltará com tudo para os treinos quando os médicos permitirem. (Varela)

Corpo feminino 'bloqueia' espermatozoides lentos, diz estudo

Cientistas encontraram evidências de que o sistema reprodutivo feminino é moldado de tal forma que espermatozoides mais lentos e fracos ficam pelo caminho e não atingem o óvulo. A pesquisa foi feita usando modelos em pequena escala e simulações em computador para mostrar o trajeto do espermatozoide desde o colo do útero até o óvulo. Para isso, foram usados espermatozoides de homens e touros, e o resultado demonstrou que os "nadadores mais fortes, conhecidos como estenoses, eram mais propensos a atravessar os pontos estreitos. Já os mais fracos, foram pegos por correntes que os empurraram para trás quanto mais avançavam.

— O efeito geral dessas restrições é evitar que espermatozoides mais lentos avancem e selecionar os espermas com maior mobilidade — disse Alireza Abbaspourrad, químico e principal autor do estudo da Universidade de Cornell, em Nova York.

As habilidades de natação dos espermatozoides foram estudadas antes, mas os cientistas de Cornell examinaram especificamente como os espermatozoides se saíam quando atingiam partes estreitas do sistema reprodutor feminino, como a pequena abertura do útero para as trompas de falópio. Estes representam um desafio particular, até porque os espermatozoides estão nadando diagonalmente para cima, o que significa que eles devem lutar através do fluido que está passando em direção a eles.

— Se você olhar para a anatomia do sistema reprodutivo em mamíferos, você pode ver que as dimensões do canal que leva ao óvulo não são constantes. Em alguns pontos é extremamente estreito, para que apenas alguns espermatozoides possam passar enquanto outros falham — disse Abbaspourrad.

Para ver como o esperma se comportava nas restrições, Abbaspourrad e seus colegas construíram um pequeno dispositivo “microfluídico” que imitava os pontos apertados que o espermatozoide tinha para navegar. O dispositivo tinha três pequenos compartimentos em forma de olho, separados por um ponto de pinça.

Os cientistas organizaram o dispositivo para que o esperma injetado nele tivesse que nadar contra um fluido em movimento para alcançar as restrições. Escrevendo na revista "Science Advances", eles descrevem como alguns nadam rápido o suficiente para atravessar os pontos de contato, mas a maioria foi pega na corrente que se aproximava. Um vídeo do esperma mostrou-os nadando até a parte estreita, sendo impelidos para trás e, em seguida, fazendo outra festança.

Tanto o espermatozoide humano quanto o de touro se comportavam da mesma maneira quando ficavam presos à entrada estreita.

— Os resultados mostram que apenas os espermatozoides mais rápidos e, portanto, melhores, podem passar por esses estreitamentos contra um fluxo de fluido - disse Allan Pacey, professor de andrologia da Universidade de Sheffield. — Isso faz um perfeito sentido biológico e ajudaria a explicar como o sistema reprodutivo feminino é capaz de garantir que os melhores espermatozoides cheguem ao óvulo. (IBahia)

MEC e MJ anunciam investigação conjunta para apurar 'indícios de corrupção' em pasta da educação

O Ministério da Educação (MEC) anunciou, na tarde de hoje (14), o início de uma investigação em parceria com o Ministério da Justiça para apurar indícios de corrupção em atos da pasta. Através de um comunicado, a pasta afirmou que a ação vai investigar “indícios de corrupção, desvios e outros tipos de atos lesivos à administração pública no âmbito do MEC e de suas autarquias nas gestões anteriores". "Queremos apurar todos os desvios praticados por pessoas que usaram o MEC e as suas autarquias como instrumentos para desvios", afirmou o ministro Ricardo Vélez Rodríguez, por meio do comunicado.Ainda de acordo com o Ministério, serão apurados "favorecimentos indevidos no Programa Universidade para Todos (ProUni), desvios no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), envolvendo o sistema S, concessão ilegal de bolsas de ensino a distância e irregularidades em universidades federais". (Metro1)

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*