Inscrições de concurso com 2 mil vagas para professores na Bahia começam nesta sexta-feira (18)

Começam nesta sexta-feira (18), a inscrição do processo seletivo no Regime de Direito Administrativo da Bahia (REDA) das 2.491 vagas para professores atuarem na educação básica na rede estadual de ensino de 416 municípios da Bahia. Segundo a Universidade Estadual da Bahia (UNEB), a contração será imediata.
Conforme a UNEB, os candidatos aprovados terão direito a remuneração de R$ 1.713,46; contrato de dois anos, podendo ser renovado; auxílio transporte e assistência médica.

Os interessados podem realizar a inscrição pelo site, até o dia 4 de novembro. O pagamento da taxa para participar do certame é de R$ 100 que deve ser efetivado até a data determinada no boleto bancário.

A seleção terá uma etapa com aplicação de prova objetiva, no dia 8 de dezembro. Os exames serão realizados em 27 municípios do estado. O resultado final do processo seletivo será divulgado no dia 22 de janeiro.(Bocão News)

Atenção: 4 sinais de que está comendo (mesmo) muito mal

Comer mal prejudica, realmente, a saúde. Como acontece com várias doenças, o nosso corpo envia sinais de alerta e uma má alimentação não é exceção. O cansaço e a irritabilidade podem indicar uma má alimentação, mas há outros aspectos, não tão comuns, que deve prestar atenção.

Mau hálito:

A má alimentação é uma das causas da halitose. A ingestão excessiva de certos alimentos, como o queijo, a carne, o leite, o chocolate, por exemplo, pode resultar em níveis elevados da acidez responsável pelo mau cheiro no hálito. Beber pouca água também agrava a halitose, já que altera a quantidade e composição da saliva. 

Transpiração fora do comum:

Suar mais do que o habitual pode estar relacionado com a ingestão de certos alimentos que elevam a temperatura corporal, como a cafeína, o álcool, a pimenta, a malagueta, a cebola, o alho ou o curry. Reduza as quantidades. 

Acne:

O acne é uma questão hormonal, mas beber muito leite ou exceder o consumo de alimentos com muito açúcar também podem influenciar o acne. 

Queda de cabelo:

As carências de proteína, vitaminas, ômega 3, minerais como ferro, zinco, magnésio e selênio (que fomentam o crescimento folicular) danificam o cabelo. Fazer dietas não equilibradas, muito restritivas; abusar no álcool; e comer muitos alimentos processados tem consequências para o cabelo. (Notícias ao Minuto)

Globo demite funcionárias acusadas de tentar prejudicar Maju no ‘Jornal Hoje’, diz colunista

Após o episódio em que um veículo de comunicação apontou os “erros” de português cometidos por Maria Julia Coutinho na primeira semana de comando do “Jornal Hoje”, a Globo teria demitido três funcionárias que passaram as informações, tentando prejudicar a jornalista.

De acordo com informações de Sônia Abrão, do programa “A Tarde é Sua”, da RedeTV!, as mulheres trabalhavam na produção do telejornal como pauteiras e não achavam Maju o perfil ideal para ocupar a bancada. Contudo, e m contato com a Catraca Livre, a TV Globo negou as informações do colunista da RedeTV! e afirmou que as demissões nunca aconteceram.

Feira: Ônibus de igreja mata motociclista na BA-502 e motorista foge do local

O acidente entre um ônibus de uma igreja e uma motocicleta matou um jovem, na manhã de ontem na BA-502, em Feira de Santana. A vítima, Guilherme de Oliveira Lima, estava em um semáforo em frente ao Terminal Sul, no Tomba, quando o veículo o atropelou.

De acordo com o Acorda Cidade, a roda traseira do ônibus passou por cima do corpo de Guilherme. O motorista e o ônibus não foram encontrados no local. (BN)

Morre menino que teve dinheiro de campanha para tratar doença desviado pelo pai

O menino João Miguel, de dois anos, morreu ontem na cidade de Conselheiro Lafaiete, em Minas Gerais. A criança, diagnosticada com atrofia muscular espinhal (AME), ficou conhecido nacionalmente após ter uma parte do dinheiro arrecadado para tratar a doença roubado pelo próprio pai.

O suspeito, identificado como Mateus Henrique Leroy Alves, foi detido em Salvador, em julho deste ano, após ser denunciado pela mãe da criança. Conforme a Polícia Civil de MG, o homem iria utilizar o dinheiro para abrir um prostíbulo na capital baiana. Ele é suspeito de desviar cerca de R$ 600 mil da campanha, que conseguiu arrecadas mais de R$ 1 milhão em um ano e meio. (Varela)

MP pede absolvição de Lula, Dilma e Palocci em ação do ‘quadrilhão do PT’

O Ministério Público Federal (MPF) em Brasília se manifestou, nesta quinta-feira, 17, pela absolvição sumária dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff, dos ex-ministros Guido Mantega e Antônio Palocci, e do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, na ação penal conhecida como “Quadrilhão do PT”.

Os cinco respondem na Justiça Federal de Brasília pelo crime de organização criminosa. A acusação é de 2017, e foi oferecida ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo então procurador-geral Rodrigo Janot. À época, Janot afirmou que os petistas receberam 1,48 bilhão de reais em propina, e comandaram uma organização criminosa que lesou a Petrobras.

Além das supostas vantagens ao PT, a denúncia sustenta que Lula, Dilma, ministros e demais agentes ainda teriam colaborado para que outras três “quadrilhas”, a do PP, a do “MDB do Senado” e a do “MDB da Câmara”, recebessem recursos da Petrobras. Os desvios teriam chegado a 391 milhões de reais, no caso do PP; 864 milhões, no MDB do Senado; e 350 milhões de reais, no MDB da Câmara.

Quando enviada pelo ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte, ao Distrito Federal, a peça chegou a ser endossada pela Procuradoria, e recebida pelo juiz federal Vallisney de Oliveira, que abriu ação penal. O magistrado, inclusive, terá que decidir se arquiva, ou não, o caso.

Em sua decisão, a procuradora Marcia Brandão Zollinger afirma que “há, de fato, narrativas de práticas criminosas que estão sendo apuradas em processos autônomos, mas do conjunto das narrativas não se pode extrair, com segurança, que haveria uma estrutura organizacional estável integrada por Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Vana Rousseff, Antonio Palocci Filho, Guido Mantega e João Vaccari Neto, tampouco que a união desses atores políticos tivesse o propósito de cometimento de infrações penais visando um projeto político de poder”.

A procuradora afirma, ainda, que a “imputação de organização criminosa sem os elementos do tipo objetivo e subjetivo, provoca efeitos nocivos à democracia, dentre elas a grave crise de credibilidade e de legitimação do poder político como um todo” e que, por isso, “não pode o Ministério Público insistir em uma acusação cujos elementos constitutivos do tipo penal não estão presentes”. (Veja)

Governo não sabe quanto deixará de arrecadar com ‘perdão’ de 90% em dívidas da Petrobras

O governo do estado não sabe quanto deixará de arrecadar com o projeto que reduz juros e multas de dívidas de empresários do setor de petróleo e gás natural que têm débitos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O texto foi enviado na última terça-feira (15) pelo vice-governador João Leão (PP), então governador em exercício, à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

A Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz) não confirmou a informação, mas o Bahia Notícias apurou com a pasta que o governo, “por enquanto, não tem definição porque isso está em discussão com a Petrobras”. E a estatal, definitivamente, é a grande beneficiada com a proposta.

“A lei estabeleceu as bases, mas são várias situações que precisam ser discutidas, por isso não há um valor fechado”, diz uma fonte consultada pelo BN. Oficialmente, a Sefaz diz que “o valor do acordo ainda está sendo discutido com a Petrobras”.

O texto determina que ficam reduzidos em 90% valores de multas por infrações e acréscimos moratórios relativos a créditos tributários do ICMS ocorridos até 30 de setembro de 2018, que tenham débito fiscal recolhido até 23 de dezembro de 2019. Fica ainda concedida remissão de 50% dos créditos tributários do ICMS para os contribuintes que desempenham as mesmas atividades econômicas.

Oficialmente, a Sefaz fala apenas sobre os meandros para o fechamento do acordo para o projeto. “O projeto encaminhado pelo governo do estado à AL-BA decorre de convênio firmado no âmbito do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), mediante aprovação unânime do colegiado formado pelas secretarias estaduais de Fazenda, que autoriza os estados em cujos territórios ocorre extração de petróleo e gás a firmarem acordos para regularização de contenciosos relacionados a créditos tributários envolvendo empresas do setor”, informa a secretaria, em nota.

Segundo a pasta, acordos similares estão sendo fechados em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Alagoas, Sergipe e Amazonas.

A proposta emerge num contexto de crise vivido pela Petrobras no estado. Nesta quinta-feira (17), o juiz Danilo Gaspar, da 6ª Vara do Trabalho de Salvador, suspendeu a desmobilização da estatal na Bahia. Com isso, a empresa fica proibida de transferir empregados e de criar programas de demissão voluntária.

Deputado que prometeu ‘implodir’ presidente volta atrás: ‘Somos Bolsonaro’

O líder do PSL na Câmara, deputado Delegado Waldir (PSL-GO), voltou atrás após dizer que queria “implodir” o presidente Jair Bolsonaro. A declaração havia sido gravada durante reunião, na noite de anteontem (17), com outros deputados do PSL. Segundo o G1, Waldir comentou que, a declaração que fez aos correligionários, em meio à crise que atinge o PSL, foi em um “momento de emoção”.

“O que o senhor tem para implodir o presidente?”,perguntou um jornalista ao deputado. “Nada. É só questão de… É uma fala de emoção, né? Um momento de sentimento”, respondeu.

“É uma fala num momento de emoção, né? É uma fala quando você percebe a ingratidão. Tenho que buscar as palavras. Tenho que buscar as palavras”, completou. Em seguida, ele foi questionado se a crise passou e respondeu: “Nós somos Bolsonaro. Nós somos que nem mulher traída. Apanha, não é? Mas mesmo assim ela volta ao aconchego”.

O deputado ainda disse que seria possível “pacificar” a bancada do PSL. Ele afirmou que os 53 parlamentares votarão “integralmente” segundo os interesses do governo. “Não tem nenhuma ruptura, não tem nenhuma perseguição, não tem nada”, acrescentou. (Metro1)

Projeto de lei pretende criminalizar músicas com ‘conteúdo impróprio’

Deputado federal pelo PSL mineiro, Charlles Evangelista apresentou um projeto de lei para tipificar como crime “qualquer estilo musical que contenha expressões pejorativas ou ofensivas”, que estimulem uso e tráfico de drogas e armas, pornografia, pedofilia ou estupro, ofensas à imagem da mulher e o ódio à polícia

Segundo o parlamentar, a proposta se baseia no fato de haver um grande desrespeito a moral pública, com reprodução de canções que contêm expressões pejorativas ou ofensivas em ambientes públicos. 

O deputado acrescenta que o mal-estar se deve ao conteúdo explícito das letras, que abordam temas de cunho sexual e, por vezes, fazem apologia a crimes. “Desse modo, a criminalização de estilos musicais nesse sentido seria uma forma de garantir a saúde mental das famílias e principalmente de crianças e adolescentes que ainda não tem o discernimento necessário para diferenciar o real do imaginário”, explica.


Pela proposta, autores e cantores seriam responsabilizados criminalmente e punidos pelo Poder Judiciário.(Metro1)

UEFS abre cotas para trans, travestis, ciganos e pessoas com deficiência em 2020

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), localizada a 100 km de Salvador, vai abrir um sistema com novas cotas destinadas a transexuais, travestis, transgêneros, ciganos, quilombolas e portadores de deficiência. As cotas vão estar disponíveis a partir do segundo semestre de 2020, segundo informação foi divulgada pela instituição, na noite da última quarta-feira (16).

Além das duas vagas já existentes para indígenas e quilombolas, a Uefs vai reservar, em cada curso, mais três “sobrevagas”, que são vagas além das previstas para o semestres.

De acordo com a universidade, a decisão “é uma demonstração de compromisso com as transformações sociais e uma tentativa de igualdade de oportunidades”.(Varela Noticias)

Uso de phones pode levar a infeções de ouvido, alerta especialista

Os Airpods da Apple ajudaram a impulsionar o mercado de phones inteligentes, levando a um uso mais frequente destes acessórios para ouvir música e atender chamadas. Porém, alerta uma especialista que este maior uso poderá levar a infecções de ouvidos.

“Qualquer coisa que obstrua o canal natural de cera para fora dos ouvidos pode levar ao acúmulo. Os phones para ouvidos ficam na parte do canal em que é produzida cera e na verdade podem estimular a produção de mais cera quando estão sendo utlizados”, alerta a diretora clínica do Earworx, Lisa Hellwege, ao Yahoo News Australia.

É este acúmulo de cera que pode levar a infecções de ouvidos, as quais podem voltar a acontecer com phones que estejam também com cera. Para combater esta situação, Hellwege recomenda que os utilizadores deste tipo de phones os limpem todos os dias com um lenço e álcool.(Noticias ao Minuto)
 

Justiça do Trabalho determina que Petrobras suspenda desmobilização na Bahia

A Justiça do Trabalho determinou, em decisão liminar expedida na noite de ontem, que a Petrobras suspenda a desmobilização na Bahia. Em setembro deste ano, a empresa anunciou a desocupação do edifício Torre Pituba (Ediba), no bairro do Itaigara. Em outubro, a desocupação foi iniciada.

De acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT), que entrou com ação cautelar contra a desmobilização da Petrobras na Bahia, com a decisão da Justiça, a empresa fica proibida de transferir empregados e criar programas de demissão voluntária.

A ação, segundo o MPT, foi protocolada na noite de terça-feira (15), depois que o órgão encerrou a mediação entre o Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro) e a Petrobras.

Segundo o procurador-chefe do MPT na Bahia, Luís Carneiro, a ação faz parte da luta para a garantia de empregos, reiterando os limites da lei.

“Constatamos, por meio da força-tarefa, a submissão dos trabalhadores da Petrobras a uma situação de terror psicológico, seja pela falta de transparência, seja pela sonegação do mínimo de informação, ou pela ausência de segurança sobre o destino profissional daquelas milhares de pessoas. Ficou caracterizado o assédio moral organizacional (coletivo)”, disse. Além dele, a ação é assinada também pelos procuradores do trabalho Séfora Char, Luís Barbosa e Rosineide Mendonça.

O MPT ainda destaca que o cumprimento da decisão é imediato, mas a empresa precisa ser notificada pessoalmente. Segundo o órgão, um oficial de justiça deve ir à sede da empresa para entregar o documento a partir dessa quinta-feira. O G1 entrou em contato com a Petrobras e aguarda posicionamento. (G1/BA)

Bombeiros retiram 4º corpo dos escombros de prédio que desabou em Fortaleza

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Luis Eduardo Holanda, confirmou mais uma morte em decorrência do desabamento do edifício Andrea, em Fortaleza. O corpo foi retirado da área dos escombros por volta das 6h40 desta quinta-feira (17), terceiro dia seguido de buscas. Segundo o coronel, o corpo é de um homem, mas ainda não há identificação da vítima. As informações são do portal G1.

Até a última atualização desta reportagem, havia 4 mortos e 7 resgatados com vida, segundo o comando do Corpo de Bombeiros. Pelo menos 6 pessoas estão desaparecidas sob os escombros. Mais de 300 profissionais trabalham no local dos escombros do prédio.

Brasil pode perder vaga em conselho de direitos humanos da ONU

Com a entrada da Costa Rica na disputa por uma vaga no Conselho dos Direitos Humanos (CDH) da Organização das Nações Unidas (ONU), a cadeira do Brasil no órgão está em risco. A informação é do Estadão.

Criado em 2006, o CDH escolhe seus 47 membros através de uma votação secreta feita pelos 193 países que compõem a Assembleia-Geral da ONU. Os candidatos são divididos por região. O Brasil disputa com Venezuela e Costa Rica duas vagas disponíveis para os países da América Latina e do Caribe, em mandato válido de 2020 a 2022. A eleição ocorre hoje (17).

Oposição na AL-BA apresenta levantamento com 51 estradas estaduais em más condições

Através de um levantamento feito nos últimos meses, a bancada da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia apontou 51 rodovias administradas pelo governo do Estado em más condições de trafegabilidade. Há problemas de acostamento, além de buracos e problemas no asfalto. 

No total, foram ao menos 90 pedidos feitos pelos parlamentares desde o início do ano. As estradas BA-120 e BA-512, importantes rodovias utilizadas para escoamento para a produção baiana, são as que têm maior número de pedidos de recuperação, com cinco indicações cada. 

Em seguida estão as estradas BA-148 e BA-131, com quatro solicitações de recuperação cada. Na maioria dos casos, os pedidos dos parlamentares são para a recuperação do asfalto, melhorias ou construção de acostamentos e implantação de sinalização. Há, também, casos de indicações para pavimentação, em trechos das rodovias que não têm asfalto. 

No início deste mês, um grupo de moradores do distrito de Altamira, em Conde, fecharam a BA-233 para pedir a recuperação asfáltica da rodovia. A situação provocou críticas até mesmo de deputados da base do governador Rui Costa (PT). A BA-283 é outra das que tem protestos recorrentes reivindicando obras de recuperação. Em maio deste ano, por exemplo, um grupo de motoristas fechou um trecho da estrada entre Guaratinga e Itabela para cobrar a solução para a situação da rodovia, que está esburacada, sem acostamento e sem sinalização. 

“Acredito que este levantamento mostra que o governo não tem uma política de recuperação e manutenção das rodovias, que são o principal meio de escoamento da produção agropecuária do estado. Não basta fazer intervenções pontuais em algumas rodovias. Precisamos de algo mais estruturante, uma política para as estradas, que são fundamentais não apenas para o escoamento da produção, mas também para o deslocamento das populações das cidades do interior do estado”, diz o deputado Targino Machado (DEM), líder da oposição. 

Na região de Vitória da Conquista, por exemplo, o condutor de uma van perdeu o controle do veículo após passar por um buraco no entroncamento entre a BA-263 e a BA-270, entre Itapetinga e Potiraguá, em março deste ano. Não houve vítimas no caso, mas o veículo saiu da pista. 

Um caso que chama a atenção é o da BA-120, especialmente no trecho entre os municípios de Ibirataia e Gandu. As cidades são importantes eixos de desenvolvimento econômico, sendo responsáveis por resultados positivos na recuperação da lavoura do cacau. A rodovia é utilizada por produtores que se dedicam à pecuária, fruticultura e piscicultura para o escoamento da produção. O governo realizou a recuperação recentemente da estrada, mas pouco tempo depois os problemas voltaram. 

Segundo o deputado Sandro Régis (DEM), foram gastos quase 30 milhões de reais, sendo aproximadamente R$ 20 milhões em 2012, ainda no governo de Jaques Wagner (PT), e R$ 9 milhões recentemente, em obras de recuperação deste trecho. “Valor que os dois panfletaram e jogaram para a plateia, mas que de fato foram mal-empregados, pois, como pode ser visto nas imagens e relatos de que convive com os perigos desta estrada, a rodovia está caótica, esburacada, em estado deplorável. Este investimento foi feito de forma eleitoreira. Então, é hora de cobrar solução”, diz.(Bocão News)
 
 

STF nega habeas corpus a ‘Dona Maria’, apontada pela polícia como maior traficante da Bahia

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido de habeas corpus feito pela defesa de Jasiane Silva Teixeira, a “Dona Maria”, apontada pela polícia como a maior traficante da Bahia. Jasiane foi condenada a quatro anos e nove meses de prisão no regime semiaberto por associação para o tráfico de drogas.

Segundo o STF, a defesa dela pedia a redução da pena ou o cumprimento em regime domiciliar, alegando que a sentença era “desproporcional”. O ministro Marco Aurélio, no entanto, negou o habeas corpus porque não verificou irregularidades no processo.

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*