Estojos de lápis da rede municipal de educação são jogados no lixo irregularmente em Feira

Sacos de lixo com diversos estojos de lápis foram encontrados na noite de ontem em uma escola municipal de Feira de Santana, segundo denúncia feita pela APLB local. De acordo com a diretora do sindicato, Marlede Oliveira, moradores afirmam que, desde o último sábado, material escolar em bom estado vem sendo jogado fora.

O caso aconteceu na Escola Municipal Monteiro Lobato, no bairro Capuchinhos. Ao site Acorda Cidade, Marlede disse que os objetos não chegaram ser distribuídos aos alunos e relatou ter recolhido mais de 500 estojos.

“Todo ano o governo municipal repassa o kit de material escolar, só que neste ano muitas escolas não tiveram acesso ao material escolar, inclusive esse material. Eu me dirigi à escola e guardei mais de 500 pochetes de lápis, e dizem que desde sábado há descarte. Me dirigir à diretora da escola, que não soube explicar o motivo. […] Material novíssimo jogado na esquina do colégio”, reclamou.

O secretário municipal de Educação, Marcelo Neves, afirmou, em áudio enviado ao BNews pela assessoria de comunicação da pasta, que uma sindicância será aberta para investigar as circunstâncias do descarte. Para o titular da Seduc, a situação é “grave”.

“Temos que saber o que aconteceu. A princípio, é muito difícil sem ouvir a diretora, o pessoal do colégio fazer afirmações sobre o que aconteceu. Aparentemente, é material que poderia ter sido utilizado, o que é uma situação grave. As escolas têm autonomia administrativa e ela, com certeza, deve dar explicações à Secretaria de Educação para que a gente possa tomar as devidas providências”, declarou.

Em nota, a secretaria disse que uma comissão esteve na escola nesta manhã para levantar as primeiras informações. “Estiveram presentes a chefe de Gabinete, Paula Soto; a diretora do Departamento de Ensino, Jozelia Araujo; e o professor Marcos da Silva da Rosa. A sindicância levantará informações sobre o descarte dos estojos de lápis vazios que teriam sido descartados nas imediações da escola”, explicou o posicionamento oficial. (BNews)

Anvisa recebe sugestões sobre rótulos de alimentos até esta segunda-feira

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebe até esta segunda-feira (9) sugestões sobre as propostas de revisão das atuais normas brasileiras de rotulagem nutricional de alimentos.

O órgão está com duas consultas públicas abertas sobre o tema. Elas foram iniciadas em 23 de setembro e terminariam no dia 7 de novembro, mas foram prorrogadas. Os comentários e sugestões podem ser enviadas por meio de formulário específico no portal da Anvisa.

As consultas públicas reúnem propostas de mudanças nas atuais regras de rotulagem dos produtos alimentícios para ajudar os consumidores na hora de escolher o que levar para casa e orientar produtores sobre novas normas, conforme destaca reportagem da Agência Brasil. (BN)

Barra Grande: Loja de materiais de construção fica destruída após ser tomada por incêndio

Um incêndio atingiu uma loja de materiais de construção na madrugada desta segunda-feira (9), em Taipu de Fora, distrito de Barra Grande, na Península de Maraú, baixo sul baiano.

Não há detalhes das causas do incêndio. De acordo com a Polícia Militar da cidade, que foi acionada, ninguém ficou ferido.

A loja estava fechada e não tinha ninguém no local no momento em que as chamas se alastraram. O estabelecimento e as mercadorias ficaram destruídas. As chamas, debeladas com apoio popular, só foram controladas na manhã desta segunda-feira.

Os moradores da região ainda tentaram retirar alguns objetos, mas não conseguiram. Com uma caixa d’água plástica, os moradores improvisaram um tanque na frente da loja para usar a água e atuar no combate às chamas.

O G1 entrou em contato com a delegacia de Maraú, que informou estar ciente do caso através de populares, mas até a última atualização desta reportagem, nenhum responsável pela loja de materiais havia comparecido na unidade policial para registrar o caso.

Preparar o currículo com cuidado aumenta as chances de qualquer candidato prosseguir em um processo seletivo.

Preparar o currículo com cuidado aumenta as chances de qualquer candidato prosseguir em um processo seletivo.

Segundo o experiente Andrew Fennel, recrutador de Londres que criou o site de dicas de currículo StandOut CV standout-cv.com, existem três dicas essenciais para não errar nesta hora e não ser eliminado logo no início do processo seletivo. Confira!
Como preparar currículo para conseguir emprego
#1 Deixe o currículo do tamanho certo

É tentador colocar todas as suas competências e seus conhecimentos no currículo para que ele se encaixe em todas as vagas que você quer conquistar. O problema é que as empresas querem profissionais especialistas em suas áreas, especialmente quando contratam seniores. Elas não costumam dar preferência a quem passa por muitos segmentos sem se aprofundar em nenhum.

A dica de Fennel, para quem está considerando diferentes funções e segmentos na busca de emprego, é criar currículos diferentes que sejam adaptados a cada vaga em questão. “Sim, é muito mais trabalhoso, mas você tem mais a perder se não trabalhar nessa adaptação”, diz ele.

#2 Entenda os requisitos da vaga

Se você não pesquisar profundamente a vaga para a qual quer se candidatar será quase impossível criar um currículo que mostre suas habilidades. Passe um tempo estudando os anúncios de vaga, os sites das empresas contratantes e faça uma lista dos requisitos mais relevantes.

A dica é que você se encontre em hard skills (ou competências técnicas) como vendas, marketing e idiomas, por exemplo. Neste momento, as soft skills (ou competências comportamentais), como motivação e capacidade de trabalhar em equipe, não são tão relevantes. É dessa forma que seu currículo tem mais chances de aparecer no resultado das buscas feitas pelos recrutadores.

Vale a pena visitar o perfil de profissionais que ocupam o cargo que você quer conquistar. Você pode descobrir outras competências relevantes para isso que não estão explícitas no anúncio de vaga.
#3 Não complique a leitura

Na hora de escrever o currículo, considere que recrutadores não têm tempo sobrando. Você precisa evitar alguns erros. Segundo Fennel, muita gente vem complicando o trabalho deles incluindo fotos, logos e outros recursos de design que não influenciam a decisão de contratação e ainda deixam a página confusa para a leitura.

A dica? Cuide para que a leitura do seu currículo seja agradável, sem grandes recursos de design (a menos que essa seja a sua área de atuação, claro!). “Pode parecer uma abordagem um pouco chata, mas os recrutadores vão agradecer por isso”, afirma o especialista.

O melhor é utilizar uma fonte nítida, em preto, e dividir o documento em seções facilmente identificáveis, com títulos em negrito. É importante também criar frases claras e curtas. Nada de parágrafos intermináveis, que só vão fazer o recrutador perder o interesse pela leitura. Além disso, destaque seus resultados, fornecendo fatos e números.

Seguindo essa orientações, Fennel acredita que você possa aumentar as chances de receber uma ligação. (Fonte: Vagas.com)

Avaliação de Bolsonaro sobe na economia e cai no combate à corrupção, diz Datafolha

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) conseguiu melhorar nos últimos meses a avaliação sobre sua gestão na economia, mas viu uma piora na percepção sobre como o governo atua no combate à corrupção, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (8) pelo jornal Folha de S. Paulo.

O levantamento, feito entre quinta-feira (5) e sexta-feira (6), aponta que 25% dos entrevistados consideram a atuação do governo ótima ou boa na área econômica, ante 20% que tinham essa avaliação na pesquisa feita no fim de agosto.

Foram ouvidas 2.948 pessoas em 176 municípios em todo o país. A margem de erro da pesquisa Datafolha é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

A má notícia para o presidente está ligada à avaliação de iniciativas de combate à corrupção.

Consideram ruim ou péssima a administração nessa área 50% dos entrevistados, ante 44% na pesquisa de agosto.

Atingiram o governo episódios como a investigação sobre o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente, que ficou paralisada por decisão do Supremo Tribunal Federal, e o caso dos laranjas do PSL, revelado pela Folha, que consistia em um esquema de desvio de dinheiro público por meio de candidaturas de fachada.(Bahia.Ba)

‘Lula pediu para que a Odebrecht fizesse um projeto em Cuba’, diz Marcelo Odebrecht

O empresário Marcelo Odebrecht afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu para que a Odebrecht fizesse um projeto em Cuba por motivação ideológica e geopolítica.

Em entrevista à Folha, publicada hoje (9), o ex-presidente da empreiteira afirmou que o governo demonstrou um esforço maior para viabilizar o financiamento das obras de ampliação do Porto de Mariel, em comparação com projetos executados em outros países.

“Isso começou porque Lula estava visitando o país, passou por uma estrada deteriorada e disse que tinha condições de ajudar. Era para fazer a estrada exportando serviços do Brasil, para gerar emprego, renda e arrecadação, e ajudar Cuba a desenvolver o projeto. Fomos lá ver a estrada, mas um tufão havia passado e destruído Cuba. O governo cubano desprezou a estrada, queria casas. Mas a gente avaliou as oportunidades e identificou que o melhor para o Brasil, economicamente e do ponto de vista de exportação de bens e serviços, era fazer um porto em Cuba”, disse.

Segundo Marcelo, Cuba foi o único país com o qual houve “uma boa vontade maior, uma atuação, um esforço maior do governo para ajudar a aprovar o crédito [do BNDES]”. O ex-presidente da empreiteira ainda disse que tinha receio de se envolver no projeto por causa da forte reação dos clientes da Odebrecht nos Estados Unidos, mas avaliou que a ideia “não foi uma aposta errada”.

“No início, eu pessoalmente tinha um receio desse financiamento. Achava complicado. Existiu uma reação muito grande dos nossos clientes na Flórida, que era a nossa maior operação americana, tinha mais de 20 anos. A gente tentou, inclusive, sair fora no início, mas era complicado. Como a gente ia usar o argumento de que uma empresa brasileira não pode atender a geopolítica brasileira porque atua nos Estados Unidos? De fato Cuba não foi uma opção fácil para a gente, mas acabamos indo”, declarou.(Metro1)

Ivete Sangalo proíbe entrada do governador do Rio de Janeiro em camarim, diz colunista

A cantora Ivete Sangalo teria proibido a entrada do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, dentro do camarim dela, no Copacabana Palace, na última sexta-feira (06).

Segundo informações do colunista de O Globo, Lauro Jardim, a baiana teria dito à produção que não queria receber o governador, que teria pedido para vê-la.

O show de Ivete no hotel de luxo foi realizado em comemoração à festa dos 50 anos do escritório Sérgio Bermudes.(Varela Notícias)

Silvio Santos é chamado de racista após ignorar vitória de mulher negra

O apresentador Silvio Santos se envolveu em mais uma polêmica nas redes sociais. Após o caso de sexualização infantil em um concurso de beleza feito com crianças, o dono do baú está sendo acusado de racismo por um episódio exibido no último domingo (8) no ‘Programa do Silvio Santos’.

Na ocasião o veterano desconsiderou a vitória de Jennyfer Oliver, uma mulher negra, em um concurso de música. O placar mostrava que a moça havia se destacado na brincadeira, levando os votos da maioria da plateia.

A escolhida pelo auditório receberia um prêmio máximo, o que não foi cumprido por Silvio, que optou por dividir e entregar R$ 500 para cada participante.

Ao entregar para uma outra moça, desta vez com a pele branca, Silvio afirmou: “Se eu estivesse na minha casa, na minha opinião, a melhor intérprete seria você, Juliana! Você é muito bonita e canta muito bem, mais R$ 500 para a Juliana!”.

Na web o posicionamento do apresentador não foi visto com bons olhos. “Já passou da hora de Sílvio Santos sair do ar. Esse homem é datado, extremamente problemático, machista e racista… Isso aqui é um absurdo!”, disse um internauta.

“O Silvio Santos sempre fez esses tipos de atitudes na televisão e ninguém ligou pelo fato de ele ser um dos maiores apresentadores do Brasil? Não importa o que ele é, isso não se brinca até pq você está mexendo com um psicológico de uma pessoa”, comentou outro.(Bahia.Ba)

‘Com Moro de vice, Bolsonaro ganha no primeiro turno’

Articulador político do Palácio do Planalto, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, avaliou que uma dobradinha entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça, Sérgio Moro, seria imbatível na disputa de 2022.

“Eu falei para o presidente que, se hoje ele fosse tentar a reeleição, com Moro de vice, ganhava no primeiro turno, disparado”, afirmou Ramos ao jornal O Estado de S. Paulo, sem mencionar o atual vice, Hamilton Mourão. O general disse, porém, que Bolsonaro não enxerga essa possibilidade. “Ele não vê nada disso.” Ex-juiz da Lava Jato, Moro enfrenta resistências para emplacar o pacote anticrime no Congresso e é alvo de questionamentos, mas ainda mantém a popularidade e foi aplaudido de pé, no sábado, 30, em show do cantor Roberto Carlos, em Curitiba.

O governo prepara uma reforma ministerial?

O presidente ficou um pouco contrariado com notícias que saíram sobre isso. Ele brincou comigo: “Ramos, eu vi logo que era fake news porque seu nome não estava lá (entre as possíveis mudanças)”.

Mas, nos últimos dias, muitos pediram, por exemplo, a cabeça do ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Quando acontece isso, aí é que ele não tira. Se o presidente tiver interesse em mudar, (será) no ano que vem… Agora é chance zero de isso ocorrer.

O “ano que vem” já está aí…

Eu digo março, abril.

Mas o ministro Weintraub não exagera nas redes sociais?

Sim, mas… Até o general Fernando (Fernando Azevedo, ministro da Defesa) ficou chateado com aquela postagem do Dia da República, que ele botou o Deodoro da Fonseca ao lado do presidente Lula (no Twitter, Weintraub chamou a Proclamação da República de “o primeiro golpe de Estado no Brasil”). Agora, ele tem de responder pelo que fala. Eu não posso falar nada. Tenho 72 mil seguidores, mas não ligo para esse bichinho aqui (aponta para o celular). Você tem de tomar cuidado com o que escreve e posta, porque pode cometer um erro grosseiro, ofender pessoas.

Essa situação preocupa?

Esquece o Weintraub. Estamos vivendo, graças a Deus (bate na mesa três vezes), um momento feliz, de muita serenidade nas mídias sociais.

Sem o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) nas redes…

Vocês é que falaram, não fui eu. Não estou dizendo que o Carlos está fora, nada disso.

É uma coincidência?

Eu não sei.

O governo adiou o envio da proposta de reforma administrativa ao Congresso por medo de protestos de rua?

Não. O Paulo Guedes (ministro da Economia) ficou chateado, mas o presidente achou que este projeto agora ia dar ruído. Havia coisas que iam bater no Judiciário e ficaram algumas pontas soltas. A reforma será apresentada com melhoramentos. (Notícias ao Minuto)

PMs são afastados em SP após ação com 9 mortos em baile funk

Seis policiais militares envolvidos na ocorrência que resultou na morte de nove pessoas na madrugada deste domingo (1), na favela de Paraisópolis, em São Paulo, foram afastados do trabalho na rua. Elas foram mortas pisoteadas durante a ação da Polícia Militar em um baile funk.

Mais cedo, a Polícia Militar de São Paulo informou que a Corregedoria da corporação abriu inquérito para averiguar a conduta dos agentes. Em nota, a PM diz que todas as circunstâncias serão apuradas. “As armas dos policiais foram apreendidas e encaminhadas para perícia”, acrescentou.

Após três anos no SBT, Leo Dias retorna à Rede TV: “Maior desafio da minha vida até hoje”

Após um período de três anos no SBT, sendo um dos apresentadores do vespertino “Fofocalizando”, o jornalista Leo Dias está prestes a retornar à sua antiga emissora, a Rede Tv, onde por quatro anos trabalhou como repórter no Tv Fama.

Em entrevista a Hugo Gloss, Leo afirmou que ficou apenas um dia sem emprego na Tv, desde que pediu demissão do SBT. Além das emissoras ele tem uma coluna no UOL. Ele afirmou que conversou com o presdente da Rede Tv, Amilcare Dallevo Júnior, e pediu um contrato curto, de apenas quatro meses. O executivo insistiu e eles resolveram assinar por seis meses.

Na entrevista, Leo Dias afirmou que ainda não sabe quanto vai ganhar na emissora: “Não sei quanto vou ganhar. Fechei com a Rede TV sem saber o salário. É surreal, mas eu juro que é verdade”, afirmou Leo. Ele disse ainda que a apresentadora Daniela Albuquerque, esposa do presidente da emissora, foi fundamental para a ida: “Sabe por que aceitei a proposta? Porque eu amo a Dani! A Dani foi fundamental na minha ida para lá”.

Ele afirmou que ainda não pode revelar sua atividade na emissora, que vai explicar o contrato na terça-feira (3): “A única coisa que estou autorizado a falar é que é o maior desafio da minha vida até hoje. Ainda estou proibido de contar, mas é algo que nunca fiz na vida”, afirmou. (Varela)

Cerca de 738 mil pequenos negócios devem regularizar débitos com Fisco

Cerca de 738 mil micro e pequenas empresas começaram a receber notificações para regularizarem a situação com o Simples Nacional, regime tributário especial para pequenos negócios. Após o conhecimento do termo, o contribuinte tem até 30 dias para impugnar a notificação ou quitar os débitos, sob pena de ser excluído do Simples em 1º de janeiro de 2020.

No total, 738.605 empresas foram notificadas. As dívidas somam R$ 21,5 bilhões. A regularização deve ser feita através do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da Receita Federal (e-CAC), requerendo certificado digital ou código de acesso. O devedor pode pagar à vista, abater parte da dívida com créditos tributários ou parcelar os débitos em até cinco anos com o pagamento de juros e multa.

Ocorrendo a regularização dentro do prazo, o contribuinte permanecerá no Simples Nacional no próximo ano. De acordo com a Receita Federal, as principais irregularidades são falta de documentos, excesso de faturamento, débitos tributários, parcelamentos pendentes ou o exercício pela empresa de atividades não incluídas no Simples Nacional.

Líderes de partidos de centro já se movimentam para substituir Maia na Câmara

Líderes de partidos de centro e centro-direita já se movimentam para ganhar apoio e viabilizar candidaturas para ser presidente da Câmara dos Deputados.

De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, a ideia é que sejam competitivas ao ponto de atraírem o grupo que garantiu a recondução de Rodrigo Maia ao posto.

O Progressistas tem dois nomes no páreo: o líder da legenda, Arthur Lira (AL), e Aguinaldo Ribeiro (PB). Se houver um consenso interno, será preciso convencer nomes de outras legendas, como o Republicanos (ex-PRB), que hoje sonham com o posto.


No DEM, uma ala da sigla defende que, apesar da aliança profícua com o PP, a legenda apresente o nome de seu líder da Casa, Elmar Nascimento (BA), como opção para o posto. (Bahia Notícias)

Ministro cogita romper contrato de concessão das BRs 116 e 324 com a Viabahia, diz coluna

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, considera romper os contratos de concessão das BRs 116 e 324, firmados entre o governo federal e a Viabahia. Segundo a coluna Satélite, do jornal Correio, o ministro escalou a equipe jurídica da pasta para elaborar um dossiê sobre os problemas que aconteceram nos trechos das duas rodovias sob responsabilidade da concessionária.

A ofensiva busca, principalmente, itens previstos nos contratos que não teriam sido cumpridos pela empresa, além da falta de manutenção adequada nas estradas em que ela opera com sete praças de pedágio.

Um dos pontos observados é o atraso nas obras de duplicação da BR-116 no estado, alvo de ação ajuizada pelo Ministério Público Federal e cobrança de multa de R$ 5 milhões por danos morais coletivos, determinada pela Justiça. Ainda segundo a coluna, encontrar justificativas para romper os contratos se tornou trabalho prioritário no gabinete do ministro.

O Acorda Cidade entrou em contato com a ViaBahia para saber o posicionamento empresa sobre o assunto e aguarda resposta. (Com informações da coluna Satélite e Metro 1).

Procurar Notícias

©Site fundado em 15/01/2013 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Feira News*